Relato: “Meu filho faz bullying com outras crianças e sinto que falhei como mãe”

Uma mãe compartilhou um vídeo no TikTok que viralizou, no qual desabafou sobre relato que ouviu do filho

Resumo da Notícia

  • Uma mãe publicou um desabafo sincero no TikTok que viralizou
  • Isso porque, por lá, a mulher admitiu que o filho faz bullying com outras crianças
  • Ela ainda contou que se sente uma falha enquanto mãe por causa da situação

Uma mãe publicou um sincero desabafo no TikTok – onde já acumula milhares de visualizações e curtidas. Isso porque, por lá, ela contou que descobriu que seu filho faz bullying com outras crianças – e que, por causa disso, se sente uma falha como mãe.

-Publicidade-

Segundo ela, o caso aconteceu após o filho chegar em casa e contar que “acidentalmente” quebrou o óculos de um colega de classe. Contudo, recebeu ameaças do pai do menino prejudicado, e ficou sem entender nada.

“Eu acreditei em cada palavra que saiu da boca do meu filho. E ainda fiquei TÃO chateada que um pai achou que era aceitável ameaçar um menino de sete anos”. Mesmo assim, a mulher decidiu questionar o motorista do ônibus escolar – que presenciou a cena – sobre o que de fato havia acontecido. E ficou em choque.

“Ele me explicou que meu filho estava importunando o colega por não descer do ônibus rapidamente. E me contou que ele chegou a empurrar o outro menino, que contou que estava indo o mais rápido que podia. Meu filho arrancou os óculos do rosto do colega e os jogou na parte de trás do ônibus”.

A mãe contou que ela mesma sofreu bullying na infância
A mãe contou que ela mesma sofreu bullying na infância (Foto: Getty Images)

A mãe ficou arrasada ao saber da verdadeira história, e obrigou o filho a ir pessoalmente se desculpar com o colega na casa dele. Além disso, conversou com os pais do outro menino e decidiu que os dois passariam o dia juntos, brincando.

A mulher conta que ficou arrasada, pois ela própria sofreu bullying na adolescência. “Fui muito intimidada na escola por causa do meu peso e não tolero esse comportamento, e isso não é tolerado”. E, sobre a maternidade, ainda completa, “Não sei para onde ir a partir daqui. Estou obviamente fazendo algo errado”.

Diversos internautas aproveitaram o espaço para aconselhar a mãe a apoiá-la na situação. “Fale com ele sobre suas experiências, converse com ele sobre como ele fez aquele menino se sentir. Precisamos entender como ensinar empatia a nossos filhos”, aconselhou uma pessoa. “Se todos os pais reagissem assim quando descobrissem que seu filho é um agressor, em vez de defender o comportamento de seu filho, teríamos menos intimidação”, ressaltou ainda outro usuário.