Relato: “Meu irmão não quer meu filho bebê no casamento dele e agora não sei o que fazer”

Uma mulher decidiu fazer um desabafo depois de descobrir que o filho recém-nascido não poderia participar da celebração

Resumo da Notícia

  • Mulher faz relato após irmão proibir que ela leve o filho recém-nascido no casamento dele
  • Ela contou que a cunhada não quer que o bebê vá porque ele vai chamar a atenção de primos e tios, que querem conhecê-lo
  • A mãe, então, pediu a opinião dos internautas sobre como lidar com a situação

Uma mulher ficou incomodada depois que o irmão a disse que o bebê dela não seria convidado para o casamento dele. Revoltada, ela decidiu fazer uma publicação sobre o assunto no fórum Momsnet. No relato, ela contou que o casamento do irmão havia sido remarcado mais de uma vez devido as restrições da pandemia de covid-19.

-Publicidade-

Dessa vez, o casamento foi remarcado para agosto. Até lá, o bebê dele provavelmente já vai ter nascido e estará com apenas alguma semanas, ou até mesmo dias, de vida. A mulher, então, contou que ligou para o irmão por ligação de vídeo para contar que o bebê provavelmente iria participar da festa, devido ao adiamento. O irmão, no entanto, disse a ela que o bebê não seria convidado para a festa, como apontado pelo jornal Mirror.

Relato: “Meu irmão não convidou meu filho recém-nascido para o casamento dele e não sei o que fazer” (Foto: Getty Images)

“Fiquei arrasada”, disse ela. “Minha mãe disse a ele e à minha futura cunhada a realidade de ter um recém-nascido e como não podemos nos separar e se houvesse problemas, eu tiraria o bebê da festa. Meu irmão pareceu envergonhado por falar que ele não seria convidado, mas minha futura cunhada disse que o bebê seria uma distração no casamento com todos os primos e tios querendo vê-lo”, continuou.

Como o casal já havia passado por várias decepções com o casamento, devido à pandemia, a mulher disse que acabou aceitando o pedido deles, para evitar mais uma confusão. Depois de pensar muito sobre os novos planos, ela disse ao irmão que, então, iria sozinha à cerimônia e que o marido iria ficar com o bebê, mas iria passar por lá apenas para desejar uma boa noite e boa festa.

Foi aí que o irmão soltou a segunda bomba. Ele disse a ela que o marido dela também não seria mais um convidado. “Ele só foi convidado porque é meu marido e eles não querem que ele apareça depois e cause distração. Estou tão chateada que na verdade está doendo. Não há nenhuma briga prévia. Todos nós sempre nos demos bem”, completou, desabafando. Junto com o relato, a mulher decidiu perguntar a opinião dos internautas, questionando se eles ficariam chateados ou diriam alguma coisa à família.

“O fato de seu irmão ter um ano complicado não é desculpa para tratar a família desse jeito. Desculpe, isso não se faz”, opinou um internauta. “Sua cunhada está preocupada e com ciúmes de um bebê. UM BEBÊ. Então deixe-a ficar com o dia dela. Seu irmão com certeza vai perceber em algum momento como ela está sendo boba, mesmo que ele não expresse isso”, disse mais um.  “Honestamente, você provavelmente se sentirá tão exausto nas primeiras semanas / meses cuidando de um recém-nascido, a última coisa que você terá vontade de fazer é se arrastar para fora de casa para ir ao casamento”, escreveu um terceiro. “Eles estão sendo completamente ridículos, só não vá. O que há nos casamentos que deixam as pessoas loucas assim?”, disse um quarto.