Relato: “Meu marido engravidou outra mulher no casamento, perdoei, mas não quero o filho deles no Natal conosco”

Mulher desabafa no Reddit pelo marido engravidar outra mulher durante no casamento e agora querer levar o filho para passar a ceia de Natal

Resumo da Notícia

  • Marido traiu a esposa e teve filho com a amante
  • A esposa perdoou, mas não quer a criança no Natal com eles
  • Ela desabafou sobre o caso no Reddit

Uma mulher fez um desabafo no Reddit, após descobrir que seu marido a traiu com outra mulher e teve um filho com ela. No entanto, ela já o perdoou, mas não quer que o filho dele com a amante participe da ceia de Natal da família.

-Publicidade-

“Meu marido tem um filho de um caso que teve alguns anos atrás. Eu perdoei ele, mas não posso me forçar a ver seu filho como meu enteado”, começou dizendo.

A mãe não quer o filho do marido no Natal
A mãe não quer o filho do marido no Natal (Foto: Getty Images)

“O fato é que meu marido tem que ficar com ele a cada duas semanas, o que inclui o Natal e as férias, que caem justamente nos dias em que a criança estará com ele. Temos uma viagem em família, mas sua ex-amante, se recusa a ficar com o filho”, disse.

“Eu disse que ela estava sendo egoísta e que ela deveria querer passar o Natal com seu filho. Mas ela disse que a criança deveria passar com meu marido. Meu marido concordou comigo, então decidimos que iríamos deixá-lo com a minha sogra. Mas quando descobriu, a mãe do menino ficou furiosa”, continuou.

“Ela disse que estou sendo egoísta, mas eu disse que ela é a última a falar sobre ser egoísta, e ela não tem muito controle sobre o que meu marido faz com a criança durante o tempo em que tem a custódia”, completou.

No entanto, a publicação gerou diversas opiniões diferentes nos comentários. “Se você não aguenta ficar perto de uma criança, não perdoou seu marido. Está usando essa criança como alvo para sua raiva, em vez do homem que a traiu”, disse uma pessoa. “A criança é inocente, é de seu marido que você deveria ficar com raiva”, acrescentou outra. “Quer você reconheça ou não, aquela pobre criança é literalmente indesejada por nenhum dos pais no Natal. Isso é absolutamente doloroso. Você pode estar com raiva de como essa criança veio ao mundo — com razão — mas ela ainda é filha de seu marido filho”, disse outra.