Relato: “Minha mãe ficou furiosa depois que eu escolhi a minha sogra para ser acompanhante de parto”

Após descobrir a decisão da filha grávida, a mãe ficou muito brava com ela, então a gestante desabafou no Reddit e contou o porque não quer a mãe na hora do parto

Resumo da Notícia

  • Mãe ficou furiosa com a decisão da filha de não chamar ela para o parto
  • A grávida desabafou no Reddit e contou que a relação com a mãe não era boa
  • Os usuários do portal concordaram com a decisão da grávida

A grávida fez uma escolha que chateou muito a própria mãe, e acabou escutando dizeres do tipo: “Você não é uma boa filha! Eu te dei a vida! Você prefere a família por parte de pai”. E o que a filha fez para mãe? Escolheu outra pessoa como acompanhante de parto.

-Publicidade-

A mulher grávida desabafou no fórum de conversa, Reddit para pedir a opinião dos usuários da situação e se ela estava errada ou não por não querer a mãe na hora do parto ao lado dela.

Ela iniciou o relato contando um pouco sobre a história da família: “Eu e meu noivo estamos prestes a dar as boas-vindas ao nosso filho e estamos muito animados. Vai ser o primeiro neto da minha família, então, todos estão muito animados. Para contextualizar, meus pais são divorciados”.

“Minha mãe e eu nunca tivemos um ótimo relacionamento, por milhares de razões. Meu pai e eu somos muito próximos e também sou muito próxima dos meus avós paternos”, continuou ela.

A mulher contou que via os avós sempre enquanto a mãe trabalhava, e ela tinha direito a dois acompanhantes. “Minha vó é realmente minha segunda mãe e é minha segurança. Ela é minha melhor amiga, não consigo imaginar dar à luz sem ela”. Então, já estava decidido que a avó seria uma delas.

Médico confunde cocô de grávida com segundo bebê em ultrassom
Ela decidiu que na jora do parto quem estaria com ela seria a vó e a sogra (Foto: Getty Images)

A outra acompanhante escolhida foi a sogra, o que deixou a mãe furiosa. “A mãe do meu noivo estará no quarto. Temos um relacionamento incrível. Eu realmente ganhei na loteria das sogras”, disse ela. A grávida também falou que nunca imaginou que iria querer que ela estivesse na sala, pois elas não ficam juntas e quando ficam, brigam.

“Então, fizemos meu chá de bebê no fim de semana passado. Minha mãe começou a falar sobre como estava animada por estar na sala de parto. Eu não queria envergonhá-la, então, a chamei de lado e expliquei que eu chamaria minha sogra e minha avó para ficar comigo”, continuou ela.

Então a grávida contou que quando a mãe soube da decisão, ela ficou furiosa. “Ela estava se sentindo como se estivesse acabado de levar um tapa na cara, porque tinha me dado a vida”.

“Ela fez um escândalo tão grande que quase todo mundo ouviu e meu pai (que procura ficar o mais longe possível dela) até me puxou enquanto eu chorava para tentar me afastar dela. A família do meu pai concorda comigo, mas a família da minha mãe tem me enviado mensagens de texto sobre como eu sou uma filha horrível, dizendo que ela fez o seu melhor”, finalizou.

Logo, os internautas comentaram: “Se sua mãe não é uma pessoa de apoio por natureza, apenas pessoas de apoio tem lugar na sala de parto”; “A decisão é sua! Ninguém deve ditar quem vai estar lá”.