Relato: “Recusei dar nome de personagem de filme ao meu filho e minha esposa está furiosa”

Um pai foi até as redes sociais para desabafar sobre uma situação que a família está vivendo em relação à escolha de como chamar o bebê

Resumo da Notícia

  • Um pai foi até as redes sociais para desabafar sobre uma situação que a família está vivendo em relação à escolha de como chamar o bebê
  • Ele contou que se recusou a aceitar o nome que a esposa queria, de um personagem da série 'Senhor dos Anéis'
  • Ele disse que a esposa ficou furiosa ao ouvir isso
  • Junto com a publicação, ele pediu a opinião dos internautas

Um pai usou o Reddit para fazer um desabafo depois que a esposa ficou furiosa com ele porque ele se recusou a dar o nome do personagem favorito dela ao filho. O homem diz que sua esposa está grávida do primeiro filho e os dois não discutiram nomes em potencial até descobrirem que estavam esperando um menino.

-Publicidade-

Quando eles compartilharam a notícia com as famílias, ele disse que todos deram sugestões de nome, mas que a esposa disse que eles não precisavam considerar nenhum deles porque ela “já tinha um nome em mente e tinha uma opinião forte a respeito”. Sentindo-se chateado por ela ter escolhido um nome sem consultá-lo, ele perguntou qual era e ela disse que estava decidida a chamar o filho de ‘Frodo’ em homenagem ao personagem favorito de O Senhor dos Anéis.

Relato: “Recusei dar nome de personagem de filme ao meu filho e minha esposa está furiosa” (Foto: Getty Images)

“Ela falou sobre como o nome é legal e único, mas eu realmente não achei que ela estava falando sério. Ela disse que eu deveria assistir ao filme e ver como o nome soa e que eu adoraria. Eu disse de jeito nenhum. Ela perguntou ‘por que não, o filme é popular e o nome dele também’. Para mim esse é o problema … ele sempre estará ligado àquele personagem de O Senhor dos Anéis”, começou ele, relatando, como apontado pelo jornal Mirror.

“Para mim, foi um não instantâneo. Minha esposa disse que eu estava sendo ríspido e me chamou de ditador só porque eu disse a ela que esse nome é a impossível. Nosso filho merece um nome razoável e não ser ligado a um personagem de um filme. Eu retruquei e disse a ela que ela poderia amar o personagem o quanto quisesse, mas escolher um nome para nosso filho é um assunto sério e nós dois devemos ter voz”, continuou ele, contando.

Ele disse, ainda, que a discussão acabou causando tensões na família, já que a cunhada pontuou que a esposa, por ser mãe, tinha que ter uma voz 80% mais importante que a dele, como pai, na hora de escolher o nome. Ela falou que ele estava errado em estressa-la com isso durante a gravidez.

Como alternativa, o próprio irmão sugeriu que ele simplesmente fosse pelas costas e colocasse o nome que ele queria na certidão de nascimento, mas o marido disse que ele nunca faria isso.

Ao compartilhar o relato no Reddit, ele perguntou a opinião dos internautas sobre o assunto e questionou se ele estava errado em não aceitar dar ao filho o nome de Frodo. A maioria dos internautas concordaram com ele no posicionamento. “Sua esposa precisa pensar no seu filho, não no personagem favorito dela. Seu bebê com certeza vai sofrer bullying e poderia, ainda, perder oportunidades de emprego no futuro por ter um nome tão ridículo”, opinou um. “Chamar uma criança de Frodo seria cruel mesmo que esse fosse o nome do meio. Ela não tem 80% de voz quando falamos da escolha do nome. Vocês são um time e todos tem 50% de voz para decidir juntos”, escreveu outro.