Relato: “Sou avó aos 34 anos e as pessoas acham que meu neto é meu filho”

Uma mulher sempre é confundida como a mãe do menino só porque ela é muito nova

Resumo da Notícia

  • Rosie Morant se tornou avó aos 34 anos de idade
  • Ela sempre é confundida com a mãe do menino
  • Rosie contou como se sentiu quando descobriu que seria avó tão jovem

Rosie Morant se tornou avó aos 34 anos de idade, quando sua filha Morgan, agora com 19, deu à luz ao bebê Rox em novembro do ano passado. Quando Morgan nasceu, Rosie era muito jovem, e sabia que existia uma grande possibilidade de ser avó cedo, só não imaginava que seria aos 34.

-Publicidade-
Muitos pensam que Rosie é a mãe de Rox (Foto: Shutterstock)

Em entrevista ao portal The Mirror ela disse: “Tive emoções confusas quando descobri que me tornaria uma avó tão jovem. Eu sabia que sempre seria mais jovem do que a maioria dos avós, mas não pensei que isso fosse acontecer tão cedo”.

Rosie contou que ainda não encontrou um termo que ela gostaria de ser chamada pelo neto, já que não curte muito a ideia de ser chamada de avó. “Fiquei apreensiva e não tinha ideia do que queria ser chamada pelo meu neto porque não me sentia confortável com nenhum dos termos. Ainda não foi decidido também. Só não estou confortável em ser chamada de vovó ainda”, comentou.

A mulher contou que muitos não imaginam que o garoto é neto dela. Ela falou: “Quando eu estou com Rox enquanto cuido dele, as pessoas estão sempre assumindo que ele é meu bebê. Mas eu não estou totalmente surpresa porque como eles pensariam que eu seria sua avó? Embora eu estivesse nervosa com a coisa toda, foi uma experiência muito boa e estou feliz por assumir um papel tão importante na vida do meu neto”.

Rosie também tem um filho de 10 anos de idade que se chama Logan. Ela ficou totalmente em choque quando descobriu que estava grávida de Morgan, aos 15 anos, já que a menina não tinha sido planejada. Rosie realizou o primeiro parto aos 16.

Rosie foi mãe muito jovem (Foto: Shutterstock)

A mulher contou: “Eu estava preocupado com o que faria e tinha pouco apoio familiar. O relacionamento em que eu estava era muito prejudicial à saúde e havia terminado muito antes de eu descobrir que estava grávida. Mas eu decidi ficar com o bebê e fazer isso sozinha. Ser uma mãe solteira e jovem foi difícil porque eu também era apenas uma adolescente. Até continuei na escola onde havia uma unidade de mães jovens com uma creche para bebês”.

Quando sua filha disse que estava grávida, Rosie admite que se sentiu chateada, pois sabia, na própria pele, o quanto foi difícil enfrentar essa situação. Ela sabia como era horrível passar por isso sozinha, então sempre apoiou Morgan. “Eu não estava nas nuvens, mas estou feliz que Morgan sabia que ela poderia falar comigo. Eu mesma passei por isso, então sabia como apoiá-la. Eu tive essa experiência da vida real. Ser uma jovem avó tem seus pontos positivos, pois ainda estou em forma e ativo e posso correr atrás de Rox e ajudar”, contou.

Rosie disse: “Eu amo estar tão envolvida também porque minha filha ainda é muito jovem, então eu quero que ela ainda viva sua vida e eu posso cuidar do bebê quando ela precisar. É uma loucura eu ter um neto enquanto algumas de minhas amigas estão tendo o primeiro filho. Mas eu gostei de assumir o papel, pois não faz muito tempo desde a última vez que tive um bebê, então ainda posso me lembrar de tudo”.

“Tem sido bizarro ver minha filha se tornar mãe, mas ela tem sido incrível. Ela é tão natural e não está nervosa ou desajeitada como a maioria das mães de primeira viagem pode ser”, finalizou.