Rematrícula: 66% dos alunos da rede estadual de São Paulo já garantiram vaga para 2021

O prazo para quem ainda não completou a rematrícula é até o dia 30 de outubro e pode ser feita online ou presencial

Resumo da Notícia

  • Em São Paulo, 66% dos alunos da rede estadual já fizeram a rematrícula
  • O processo pode ser feito de forma online ou presencial
  • Quem ainda não fez, tem até o dia 30 de outubro

De acordo com informações da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, 66,5% dos alunos da rede de escolas estadual já efetivou a rematrícula para continuar as aulas no próximo ano. Os estudantes que ainda não garantiram a vaga têm até o dia 30 de outubro.

-Publicidade-

Para quem quiser continuar evitando sair de casa durante a pandemia, é possível realizar a soliticação de rematrícula na internet de duas maneiras. O ato pode ser feito em um aplicativo de celular, o Minha Escola SP, que está disponível tanto para sistemas Android quanto iOS. Outra opção é a plataforma Secretaria Escolar Digital (SED): https://sed.educacao.sp.gov.br/saiba-como-acessar

Rematrícula da rede estadual em São Paulo é obrigatória para alunos garantirem uma vaga (Foto: Getty Images)

Se a alternativa online não for o ideal, os responsáveis ou alunos maiores de 18 anos podem fazer o processo presencialmente indo na escola, na diretoria de ensino ou em um posto do Poupatempo. O mesmo vale para matrículas de crianças e adolescentes que ainda não estão na rede estadual de ensino, também com o prazo até dia 30 deste mês.

-Publicidade-

O importante é ressaltar que todos alunos têm direito a uma vaga garantida, mas para isso, é obrigatório completar a rematrícula. Assim, poderão continuar na mesma unidade em que já estudavam.

4° ano do ensino médio opcional

Os jovens que se sentiram prejudicados no aprendizado podem optar por cursar um 4° ano do ensino médio em 2021. A ideia é tirar as dúvidas e preencher as lacunas que faltaram em determinadas matérias. Segundo a Secretaria de Educação, “a medida visa contribuir com a formação integral dos alunos e apoiá-los no ingresso ao ensino superior, se assim desejarem”. As vagas devem variar de acordo com a disponibilidade das escolas.

-Publicidade-