Revoltante! Mãe fica indignada ao perceber que foto da filha foi retocada no anuário escolar

As sardas da menina e outras “imperfeições” foram retiradas da fotografia

Resumo da Notícia

  • Uma mãe ficou chocada quando percebeu que a foto da filha foi completamente editada
  • As características físicas da menina foram consideradas imperfeições pelo serviço de retoque
  • Outro caso semelhante com a empresa aconteceu em novembro do ano passado

Jennifer Greene, 43, uma blogueira de viagens e administradora de mídia social, não acreditou quando viu que a foto da filha, de 12 anos de idade, sofreu edições que mudaram a aparência da menina. Além disso, a mãe ficou indignada quando descobriu que a empresa encarregada de fazer os registros da escola da menina também estava pedindo pelo serviço uma taxa extra de US $ 12 pelo retoque.

-Publicidade-

O caso aconteceu em Maryland, um estado da região localizada no Médio Atlântico dos Estados Unidos. Jennifer Green contou com exclusividade ao jornal  The New York Post que está preocupada com o efeito que os retoques feitos podem ter sobre a filha Madeline, que está atualmente na sétima série. “Eu discordo totalmente disso”, respondeu ela. Segundo Jennifer, atitudes como essa reforçam padrões de perfeição criados na sociedade.

Jennifer Greene disse estar preocupada com o efeito que os serviços podem ter sobre sua filha Madeline de 12 anos. (Foto: Reprodução The Post)

Para piorar a situação, os serviços oferecidos pela Lifetouch, a empresa responsável pelas edições, variam de US $ 6,99 para retoques básicos – remoção de manchas – a US $ 11,99 para retoques premium, que são clareamento dos dentes, redução do tom de pele e remoção de manchas. Greene compartilhou sua frustração no Twitter.

“Vou precisar de alguém para me explicar por que o @Lifetouch oferece RETOQUE DE FOTOS para fotos da escola de CRIANÇAS ?! Que diabos ?! “, desabafou ela. A Lifetouch não respondeu a mãe, porém em uma declaração ao The Post a empresa disse que o objetivo “é sempre capturar autenticamente cada criança que fotografamos”.

Esta não é a primeira vez que a empresa faz isto. Em novembro de 2020, mãe e fotógrafa de Tampa, Kristin Loerns, passou por uma situação semelhante quando ela recebeu as fotos da escola de seu filho Kieran e as sardas no rosto do menino não estavam mais lá. “Eu dei permissão para’ retoques básicos ‘, que seria remover manchas, e eles removeram todas as sardas em vez disso,” ela disse ao Post. Depois de reclamar para a empresa, ela recebeu um novo conjunto de fotos com as sardas do filho.

 

Mãe se revolta com empresa que retirou as sardas do filho (Foto: Reprodução Twitter)