Rio anuncia procura nas escolas por crianças não vacinadas contra a Covid-19

Ação será feita nas escolas municipais, privadas e vinculadas ao estado

Resumo da Notícia

  • Prefeitura do Rio de Janeiro afirmou que irá levantar dados de crianças não vacinadas contra a Covid-19;
  • A procura será feita através das instituições de ensino (privadas, públicas e vinculadas ao estado);
  • O secretário de saúde carioca revelou o motivo desta medida.

A Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou nesta sexta-feira, 04 de fevereiro, que começará na semana que vem uma busca nas escolas por crianças que ainda não foram vacinadas contra a covid-19. A medida foi revelada por Daniel Soranz, secretário de Saúde do Rio, em entrevista ao programa “Bom Dia Rio”, da TV Globo.

-Publicidade-

“Vamos distribuir uma ficha para os pais preencherem com a situação vacinal da criança. É um processo de educação dos pais e das crianças sobre a importância da vacina. Os professores vão estar aptos a orientar as famílias, e as equipes de saúde, com o formulário de autorização nas mãos, vão realizar a vacinação”, disse Soranz.

O objetivo é aumentar a taxa de aplicação de imunizantes em crianças no Rio, segundo Soranz
O objetivo é aumentar a taxa de aplicação de imunizantes em crianças no Rio, segundo Soranz (Foto: João Gabriel Alves/Enquadrar/Estadão Conteúdo)

No Rio de Janeiro, não há a previsão de que seja exigida a apresentação de um comprovante de vacinação contra a covid-19 para que as crianças permaneçam em ambiente escolar.

Além dos colégios municipais, algumas escolas privadas e estaduais também terão a distribuição do formulário aos pais e responsáveis. Já nas unidades vinculadas ao governo federal, a ação “ainda está em processo de discussão”, segundo Soranz.

O calendário da vacinação contra a covid-19 foi retomado nesta sexta-feira no Rio, após a campanha ter sido interrompida por falta de doses.