Romana Novais cai no choro ao relembrar período longe de Raika: “Devastador”

Médica falou sobre maternidade e carreira. Ela é mãe de Ravi, de um ano, e Raika, de dois meses, frutos do relacionamento com o DJ Alok

Resumo da Notícia

  • Romana falou sobre maternidade e carreira
  • A médica é mãe de Ravi, de um ano, e Raika, de dois meses, frutos do relacionamento com o DJ Alok
  • Confira o vídeo

Nesta quarta-feira, 10 de fevereiro, Thais Fersoza publicou a segunda parte da entrevista com Romana Novais, abordando a maternidade e carreira. A médica é mãe de Ravi, de um ano, e Raika, de dois meses, frutos do relacionamento com o DJ Alok.

-Publicidade-
Romana Novais fala sobre maternidade e carreira (Foto: Reprodução / Instagram / @romananovais)

Durante o bate-papo, Romana relembrou o período em que ficou longe da caçula, após o parto prematuro. “Tive muitos medos durante esse processo todo. Fui tomada de muitos sentimentos estranhos, angústias… algumas coisas eu ainda guardo em mim, e sinto muito. Uma delas, pra mim, o principal, foi ter ficado sem ter contato com a Raika quando ela nasceu. Isso ainda mexe muito comigo. Foi devastador”, disse ela. Na época, a médica ficou 13 dias sem ver a filha, já que estava com Covid-19.

A influencer ainda falou que devido ao isolamento a família passa mais tempo juntos, algo que ela pretende continuar no pós-pandemia. “Antigamente Alok tinha uma rotina muito louca. Passava mais tempo na estrada. Hoje em dia, por conta de tudo o que a gente está vivendo e da quarentena, se tem uma parte boa nessa história toda, foi a parte do Alok ficar mais em casa. Ele teve mais esse momento de família, ele me ajudou muito com o Ravi logo que ele nasceu. A gente teve nossos momentos juntos, coisa que a gente nunca tinha vivido porque Alok estava sempre na estrada. Era uma correria. Eram cinco shows num fim de semana, e durante a semana ele estava em reunião ou no exterior”, conta.

“A gente tem a oportunidade de fazer coisas simples, como tomar um café da manhã juntos. A gente não sabia como era fazer isso. Alok falou que não quer mais voltar à rotina louca. Daqui pra frente a gente quer ficar mais unido e deixar a família em primeiro lugar”, completou.

Romana ainda ressaltou que tem planos para retomar a carreira. “Penso em voltar. Tenho planos. Fazia dermato e não consegui voltar ainda por conta do nascimento da crianças. Não quero largar a medicina. Isso me move, dá sentido e complementa tudo. Eu sou uma pessoa muito ativa. Ficar parada não faz muito sentido”, disse.

Ao falar sobre o casamento, a médica falou sobre o que acredita ser a base. “A gente preza muito pelo nosso relacionamento, a gente cuida muito um do outro e está sempre preservando esse amor. Óbvio que não é sempre às mil maravilhas. Acho que é isso que ajuda a construir esse amor verdadeiro, estar com a pessoa sabendo que ela tem defeito”, acredita.

Romana também contou que Alok aprendeu a ser romântico com o tempo. “Ele não era romântico no início do relacionamento, aprendeu a ser. Por outros momentos da vida dele, ficou um pouco engessado. Eu também. A gente foi aprendendo um com o outro.

Já sobre os planos de aumentar a família, a médica que tem o plano de ter quatro filhos, sendo um adotivo, disse que agora não é o momento. “Acho que ainda está muito cedo para falar sobre isso. A gente queria ter três biológicos e praticar adoção. Agora, ainda estou um pouco assustada com essa história toda. Estou me reestabelecendo emocionalmente. Falei para Alok que pretendo não pensar nisso e esperarmos mais um pouco. Mas, respondendo hoje, não quero mais”, disse. Veja o vídeo abaixo: