Romana Novais e Alok escolhem padrinhos da Raika e decisão é emocionante

A filha do casal nasceu no dia 2 de dezembro de parto prematuro e ela precisou ficar na UTI

Resumo da Notícia

  • Raika nasceu dia 2 de dezembro
  • Ela completou 1 mês
  • Alok e Romana escolheram os padrinhos da menina
  • Veja mais na matéria abaixo!

Raika nasceu no dia 2 de dezembro de 2020 de 7 meses, pois sua mãe, Romana Novais, estava com Covid-19 e teve algumas complicações que a fizeram entrar em trabalho de parto prematuro. A recém-nascida precisou ficar internada na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) e foi assistida por uma equipe médica.

-Publicidade-
O casal compartilhou a notícia nas redes sociais (Foto: Reprodução / Instagram @romananovais)

A pequena foi transferida para um quarto na maternidade e teve alta para passar o Natal em casa, na ocasião, Romana falou sobre a alegria que estava sentindo em poder comemorar as festas de fim de ano ao lado da família inteira. Hoje, 3 de janeiro, os pais contaram quem são os padrinhos da menina.

Em forma de agradecimento por todo apoio e cuidados, Romana e Alok escolheram os médicos que cuidaram de Raika, enquanto ela estava na UTI, para serem seus padrinhos. A obstetra e ginecologista Erica Mantelli foi a responsável por fazer o parto de Raika e o marido dela, Domingos Mantelli também ginecologista e obstetra fala como cuidou de Romana durante a internação, já que ela também precisou passar 3 dias na UTI.

Romana mostrou o quarto da maternidade da Raika, agradeceu à amiga que fez toda a decoração do ambiente e uma das primeiras fotos que ela compartilhou, foi agradecendo aos padrinhos da menina. A foto foi um repost da conta de Domingos.

Tanto Erica, quanto Domingos fizeram uma linda declaração para a menina, contaram sobre como difícil realizar o parto e os riscos que elas corriam. Eles também comemoram o primeiro mês de vida dela.

Domingos Mantelli compartilhou uma foto junto com a esposa, Romana, Alok e Raika (Foto: Reprodução/Instagram/ @domingosmantelli)

Leia as declarações na íntegra

Essa foi a carta que Domingos escreveu para ela: “CARTA PARA RAIKA, minha afilhada linda e guerreira. Minha princesa, Hoje vc completa 1 mês de vida! E quantas coisas aconteceram nesses 30 dias desde o seu nascimento! Um nascimento prematuro de emergência, a sua mamãe correndo inúmeros riscos internada na UTI , você também na UTI se recuperando dia após dia… Quantas emoções em tão pouco tempo. Ainda nem sabíamos que seríamos seus padrinhos, mas já a tratávamos e cuidávamos com o mesmo carinho e amor que cuidamos de uma filha, estando ao seu lado todos os dias da sua recuperação enquanto seus papais não podiam estar com você. Cuidamos da sua mamãe na UTI por 3 dias zelando pela saúde dela. Tivemos muito medo sim. Mas também muita esperança e confiança em nosso trabalho de que no final tudo ficaria bem! Cuidamos de vocês duas enquanto acalentávamos o coração do seu Papai isolado em casa. E que situação difícil de enfrentar. Fazer todos os dias FaceTime com seu Papai e Mamãe e presenciar a dor deles de não poder estar ao seu lado, te pegar no colo e te encher de carinho. Mas no final, graças a Deus tudo terminou bem! E foi exatamente no momento em que tiramos essa foto, no primeiro dia em que a sua mamãe pôde ir vê-lá na Uti, que seus papais nos informaram que teríamos a honra de ser seus padrinhos. E que honra. Nesse momento deixamos o jaleco de lado com a sensação de missão cumprida, e choramos feito crianças com a notícia, enquanto também comemorávamos a sua rápida recuperação e breve alta. Deus sabe de todas as coisas. E agradeço à ele por todas as bênçãos em nossas vidas Parabéns princesa. Parabéns por esse primeiro mês de vida. Como seus padrinhos prometo que cuidaremos com muito amor e carinho de você por toda vida. Amamos você princesa!! Parabéns e um beijo enorme do seu Dindo Dodô”

Erica Mantelli comemora 1º mês de vida da afilhada Raika (Foto: Reprodução;Instagram/ @ericamantelli)

“Hoje faz 1 mês que você nasceu. Chegou de repente, em um parto de alto risco antecipado, em um momento muito delicado. Você não imagina o desafio que eu vivi para fazer você viver. Não estou falando apenas do desafio profissional. Mas do desafio em equilibrar minhas múltiplas funções e silenciar meu coração que sangrava em ver toda aquela situação. Por fora a médica decidida, agindo de maneira rápida e assertiva. Por dentro eu orava e me conectava com Deus e com você, na certeza de que vocês ficariam bem. Que intensa foi a nossa troca de energia. Prometi te ver todos os dias e ficar com você enquanto seus pais não podiam. Cantei, fiz muitas orações e coloquei músicas para você dormir… Chorei quando vi seu primeiro sorriso e quando você ainda tão pequena, segurou meu dedinho. Lindo de ver como a voz dos seus pais (mesmo por vídeo) te acalmava enquanto no colo deles você ainda não podia ficar. Meu coração vibrava a cada dia da sua recuperação! Vocês foram muito guerreiros, que orgulho saber que nasceu em uma família que realmente emana tanto amor. O sentimento de gratidão tomou conta do meu ser quando você se reencontrou com seus pais. E naquele momento, que eu achava que minha missão estava cumprida…fui convocada para uma missão ainda maior! Fomos “intimados” para sermos seus padrinhos e esse convite nos encheu de amor e gratidão. Foi uma conexão divina. Ser madrinha é ser escolhida duas vezes. Uma pelos pais e outra por Deus! Que honra ser escolhida para essa missão tão importante. Assim como cuidei de você dentro da barriga da mamãe e no momento delicado do seu nascimento… prometo que estarei ao seu lado a todo momento! Continuarei a vida inteira lutando por você e pela sua felicidade! Vou cuidar de você, amar você e te proteger como minha filha do coração. Te amo incondicionalmente minha afilhada Raika! ❤️ Com amor, Da sua Madrinha.”

Ela também agradeceu aos pais da menina: “Obs: Aos nossos queridos amigos @romananovais e @alok nossa eterna gratidão! Que presente inesquecível para nós! Que honra e que responsabilidade! Temos tantas histórias juntos e essa sem dúvida é uma das mais especiais! Amamos vocês!”