Romana Novais fala sobre descoberta de distúrbio em Ravi: ‘Para uma mãe é desesperador’

A esposa de Alok desconfiava de algum problema no filho depois de grandes crises de choros durante a madrugada

Resumo da Notícia

  • Romana Novais e Alok são pais de Ravi
  • Pelas redes sociais, a médica contou que o filho foi diagnosticado com um distúrbio
  • Veja a explicação da mãe:

Romana Novais conversou com os seguidores nos stories sobre um problema que está enfrentando com o primeiro filho, Ravi. A médica contou que o bebê teve algumas crises sérias de choro durante a noite, o que alertou o casal, que decidiu procurar um pediatra. “Um choro inconsolável. Eu pegava ele e não conseguia driblar esse choro (…) O que para uma mãe é desesperador, você ver o seu filho chorando, sem conseguir fazer nada (…) Testamos tudo, não era fome, calor, frio, sono. A fralda estava limpa” disse ela.

-Publicidade-
Ravi tem um distúrbio de sono (Foto: Reprodução / Instagram / @romananovais)

Depois de acompanhar o comportamento do caçula, que segundo a mãe sempre foi ‘saudável’, os médicos descobriram que o pequeno sofre com um distúrbio de sono: a parassonia. Trata-se de de um transtorno comum que causa uma confusão ao despertar, como um sonambulismo, condição que os dois pais já tiveram na infância, de acordo com Romana. Ela descreveu que o filho chorava muito, mas não parecia acordar. “Chorava, chorava, chorava e depois dormia”, falou a médica.

O casal espera o segundo filho Foto: Reprodução / Instagram @romananovais @estudio_thalitacastanha

A esposa de Alok disse que seguiu os instintos de mãe ao procurar o neuropediatra, porque ‘sentia’ que havia algo de errado. “Eu quis compartilhar, porque achei que iria ajudar muitas mães. O caso do Ravi é esse, mas eu sugiro que cada um procure ajuda”, aconselhou a médica. A parassonia pode ser causada por excesso de estímulos e brincadeiras antes do sono do bebê. Romana disse que o casal passou a criar um ambiente mais calmo depois da 18 horas, o que vem ajudado no problema de Ravi.

-Publicidade-

Depois da sequência de stories esclarecendo a situação, a mãe também comentou sobre a gestação do primeiro filho, que foi tranquila, segundo ela. “Eu acredito que a gestação influencia sim no comportamento do bebê, mas a de Ravi foi muito tranquila. Não tive aborrecimentos, eu conversava bastante com ele, colocava música clássica…então tenho plena convicção que não tem a ver com a gestação. O Ravi é um bebê sensível e sentimental. Talvez isso faça com que ele tenha sensibilidade na hora do sono também e esteja mais propício a esses episódios fisiológicos. Eu não gosto de entrar em assuntos como religião, porém acredito muito no poder da oração. Sempre que ele esteve nesses momentos orei. Minha mãe sempre me fala que oração de mãe tem poder. E tem mesmo!”, escreveu Romana.

-Publicidade-