Ruth Rocha completa 90 anos e garante que não pretende parar: “Enquanto estiver lúcida vou escrever”

A autora já ganhou diversos prêmios e publicou mais de 100 livros infantis e para a família, como “Marcelo, Marmelo, Martelo” e muitos outros!

Resumo da Notícia

  • Ruth Rocha completa 90 anos
  • A autora já ganhou diversos prêmios e publicou mais de 100 livros infantis e para a família
  • Ela conta que não pretenda parar de escrever
  • Ruth Rocha tem 53 anos de carreira

Dia de festa! Ruth Rocha comemora 90 anos nesta terça-feira, 2 de março. O dia é dela, mas quem ganha somos nós: a autora, uma das responsáveis pela evolução da literatura infantil brasileira, tem planos para continuar escrevendo e lançando obras que falam não só com as crianças, mas também com toda a família. Ruth é escritora de obras como “Marcelo, marmelo, martelo“, “O Reizinho Mandão” e outros 213 livros. Todos eles com o mesmo foco: o acesso à alfabetização e à educação no Brasil.

-Publicidade-
Ruth Rocha completa 90 anos (Foto: Nágila Rosrigues / Divulgação)

A mãe da Mariana e avó de Miguel e Pedro já tem mais de 50 anos de carreira e acumula fãs por aí. Em uma entrevista anterior à Pais&Filhos, a autora disse que desde sempre contou com o apoio da família, que foi crucial para a carreira. “Fui muito feliz nesses anos. Fiz uma carreira muito boa e que começou logo. Quando comecei a escrever, com 38 anos, meu livros venderam bem e tinha vontade de escrever mais e mais. Também tive pais, irmãos, marido, filha, netos e amigos ótimos que sempre me apoiaram muito”, contou ela.

E ela não para! Mesmo diante da pandemia da Covid-19, Ruth não parou de criar e lançar novos títulos. Como um alento para os pais neste momento, que procuram exatamente formas de estreitar os laços com as crianças, a escritora lançou mais um livro no final de 2020, o Almanaque do Marcelo e da turma da nossa rua, publicado pela Editora Salamandra. A obra, em coautoria com a filha, Mariana Rocha, e com ilustrações de Mariana Massarani, traz atividades diárias divertidas e interativas para fazer com as crianças.

-Publicidade-

“Enquanto estiver lúcida, quero continuar escrevendo. O mundo é vasto e quero continuar falando sobre ele, lutando por aquilo que é certo, incentivando as crianças a serem cidadãos críticos”, comenta a autora, ao falar sobre o futuro. Para ela, os 90 anos são apenas um marco. Importante sim, mas não final.

Amor pela literatura e pelas crianças

Com mais de 50 anos de carreira e mais de 25 milhões de exemplares vendidos, Ruth sempre foi apaixonada pela literatura. Ouviu da mãe, dona Esther, as primeiras histórias, mas a vida dela mudou mesmo quando conheceu Reinações de Narizinho e Memórias de Emília, de Monteiro Lobato. Foi ali, inspirada pelas estripulias e pela personalidade irreverente da boneca de pano Emília, que Ruth descobriu que a literatura era amor de uma vida toda.

E, desde sempre, o foco dela são as crianças. “Detesto escrever para gente grande. Até faço palestras para adultos, mas eu tenho dificuldade em falar para eles. Eu sei escrever para criança, eu não sei escrever para adulto, mas não sei dizer o porquê”, brincou ela, em uma entrevista dada à Pais&Filhos em 2004 (somos fãs de longa data!).

Formada em Ciências Políticas e Sociais pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo, Ruch Rocha foi orientadora educacional do Colégio Rio Branco por 15 anos e lá aprendeu muito sobre a convivência com as crianças. “Quando você é orientadora tem que ter uma afinidade com as crianças. A gente tem que ter respeito e admiração por elas”, contou.

Foi em 1972 que Ruth começou a se aventurar no mundo da escrita. Na época, começou escrevendo sobre educação para a revista Cláudia e posteriormente para revista Recreio. A partir daí, a carreira deslanchou, com os mais de 100 livros publicados.

Ao longo dos anos como autora, Ruth recebeu prêmios de diversas associações pela contribuição à literatura e à educação brasileira: Academia Brasileira de Letras, Associação Paulista dos Críticos de Arte, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, o prêmio Santista, da Fundação Bunge, o prêmio de Cultura da Fundação Conrad Wessel; a Comenda da Ordem do Mérito Cultural e oito vezes o prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira de Letras. Também foi homenageada pelas escolas e municípios, com o nome batizando centenas de bibliotecas pelo país. É talento demais!

5 livros de Ruth para ler com a família

Ruth Rocha tem muitos livros publicados e todos eles provavelmente irão cativar a atenção do seu filho. Aqui vai uma lista com alguns dos principais livros da autora para você se deliciar com a família:

Livros da Ruth Rocha para ler com a família (Foto: divulgação)

1. Marcelo, Marmelo, Martelo

Um dos livros mais famosos da autora, “Marcelo, Marmelo, Martelo” conta a história de um chamado Marcelo (obviamente) que é muito criativo, adora se divertir e inventar o nome das coisas, por exemplo, suco de vaca (leite), embrasou (queimou), e moradeira (casa). Ele é uma ótima escolha para aguçar a criatividade das crianças.

2. O Reizinho Mandão

O livro conta a história de um rei mandão (que no fundo era um menino mal-educado e mimado) que mandava todo mundo calar a boca. De medo, as pessoas calavam. E calaram tanto que esqueceram como falar. Triste e solitário, o rei vai até a um reino vizinho a procura de um sábio, para tentar corrigir o estrago que fez. Na obra, Ruth Rocha aborda de forma lúdica e fácil temas da história brasileira, como democracia, poder e liberdade.

3. Mais duas dúzias de coisinhas à toa que deixam a gente feliz

Ilustrado de cabo a rabo com desenhos supercoloridos e cheios de personalidade, para completar, o texto ainda é rimado. O livro nos ensina sobre coisas que podem nos deixar muito felizes, mesmo não sendo lá de grande importância – aquelas coisas à toa que mais arrancam sorrisos.

Mais duas dúzias de coisinhas à toa que deixam a gente feliz (Foto: divulgação)

4. Como se fosse dinheiro

A história conta como seria comprar um lanche usando como moeda de troca uma galinha, já que o personagem estava cansado de receber bala como troco. Depois disso, o bairro todo ficou sabendo da história, e nenhum comerciante da região deu mais mercadorias de troco como se fossem dinheiro. O livro pode ser uma ótima opção para te ajudar a começar a ensinar educação financeira ao seu filho.

5. Romeu e Julieta

O livro conta a história de um reino de borboletas separado por cores. As borboletas azuis vivam no canteiro azul, as brancas no branco, e assim por diante. Até que, um dia, uma borboleta amarela resolve se aventurar pelo canteiro azul. Depois disso, nada mais é o mesmo.

Romeu e Julieta e Como Se Fosse Dinheiro (Foto: divulgação)