Sabrina Sato fala sobre como se sente em relação a maternidade: “Me fez repensar toda a minha vida”

Durante o programa ‘Conversa com Bial’, a apresentadora Sabrina Sato falou sobre a sua perspectiva de vida após entrar para o universo materno

Resumo da Notícia

  • A Sabrina Sato participou do programa 'Conversa com Bial'
  • Ela contou como se sente em relação ao universo da maternidade
  • A apresentadora já cursou jornalismo e é ex-participante do BBB 3

Ontem, 6 de abril, durante a transmissão do programa ‘Conversa com Bial’ da TV Globo, a entrevistada pelo jornalista Pedro Bial, foi a apresentadora Sabrina Sato. Durante o programa, a mãe de Zoe contou sobre o seu sentimento em relação a maternidade, sobretudo, sobre a sua nova perspectiva de vida após o nascimento da filha.

-Publicidade-

Além disso, a Sabrina contou como foi sua passagem no Big Brother Brasil, reality show que com que ela tivesse grandes oportunidades no universo televisivo brasileiro. “O Big Brother representa para mim a oportunidade que eu precisava. Era a oportunidade profissional que eu queria. Eu tinha esse sonho desde garota, de ser apresentadora. Na época, eu cursava Jornalismo”, contou.

Em complemento, a Sabrina explicou sobre o seu relacionamento com o Dhomini, no BBB 3: “Eu acho que lá dentro aconteceu algo que mexeu comigo. Eu quase não tive relacionamentos antes de entrar, e lá eu me apaixonei”.

Sabrina Sato
Sabrina Sato (Foto: Reprodução / Instagram / @sabrinasato)

Ela ainda desabada sobre o seu novo programa no GNT, o ‘Saia Justa’: “Estou realizando esse sonho de estar ao lado dessas mulheres brilhantes do ‘Saia Justa’, um lugar por onde muitas incríveis já passaram. Elas me ensinam tanto todos os dias, e é tão bom. Me sinto tão amada, tão abraçada, tão acolhida”.

No final, a apresentadora contou sobre o seu ponto de vista em relação a maternidade: “A maternidade foi muito importante para trazer essa profundidade, olhar para mim num momento que eu estava parada; que era eu e ela. Mas, a maternidade, me fez repensar toda a minha vida, meu papel no mundo, o que eu queria para mim, para minha filha, para outras mulheres”, disse.