Família

Saiba a melhor forma de guardar dinheiro para o futuro do seu filho

Vem conhecer como a previdência infantil pode te ajudar

Rhaisa Trombini

Rhaisa Trombini ,Edileyne e Geraldo

Ensine seu filho a economizar desde sempre (GettyImage)

Ensine seu filho a economizar desde sempre (GettyImage)

Desde o momento em que descobrimos a gravidez, os planos começam a fazer parte da nossa cabeça: enxoval, chá de bebê e fraldas são só alguns deles. E quando finalmente o bebê nasce e os gastos aumentam, mais uma vez o que toma conta dos nossos pensamentos é o que ainda está por vir: faculdade, intercâmbio ou cursos particulares? Ou todas as opções? Calma.

Com planejamento e objetivo bem definidos, dá para garantir um bom futuro com tranquilidade. Antigamente era comum que pais abrissem uma poupança no nome da criança, mas, segundo dados da Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi), embora esse método ainda seja eficaz, a onda da vez são as previdências privadas – principalmente as infantis.

“O cenário de instabilidade financeira influenciou positivamente para o aumento da procura pela previdência infantil”, comenta Fernanda Pasquarelli, mãe de Laura e Lorenzo, e diretora de Vida, Previdência e Investimentos da Porto Seguro que, por exemplo, teve um crescimento de mais de 10% em captação comparando 2016 com 2017.

“Isso se deve à conscientização dos pais em proporcionar um futuro com estabilidade financeira aos filhos”, ela completa. Para Ângela Beatriz de Assis, tia de Bruna, e diretora comercial e de marketing na Brasilprev, esse aumento também é resultado de pessoas mais conscientes financeiramente. “Um em cada três planos são voltados para crianças ou adolescentes. E acredito que quanto mais as pessoas têm acesso à informação e educação financeira, mais entendem o valor desse tipo de produto.”