Saiba tudo sobre o caso da cabeleireira encontrada morta ao lado da filha de 8 meses

Quem era a vítima? Saiba mais sobre o caso e sobre o bebê que ficou sem a mãe após o crime

Resumo da Notícia

  • A vítima de 34 anos foi morta no próprio apartamento
  • Ela era residente de São Paulo, no distrito da Sé
  • A filha de 8 meses foi encontrada no berço, ao lado do corpo

Nessa sexta-feira, dia 22 de julho, Sandra Maria de Sousa Silva, de 34 anos, foi encontrada morta no próprio apartamento, localizado na região da Sé, em São Paulo. Ao lado do corpo, estava a filha da mulher, de apenas 8 meses, no berço. O companheiro da vítima é o principal suspeito do crime, e foi descoberto que ele utilizava um nome falso.

-Publicidade-
Vítima tinha filha de 8 meses fruto do ex relacionamento (Foto: Reprodução/TV Globo)
Vítima tinha filha de 8 meses fruto do ex relacionamento (Foto: Reprodução/TV Globo)

A vítima trabalhava como cabeleireira no Centro de São Paulo, e era considerada especialista em mega hair. Já a bebê de oito meses é fruto de um antigo relacionamento de Sandra Maria. As duas moravam juntas em um apartamento na Rua Tabatinguera.

Desde o dia do crime, amigos e familiares da vítima tentavam contato com ela sem sucesso. Por isso, no domingo do dia 24 de julho, uma amiga mais próxima levou um chaveiro até o apartamento para conseguir o acesso, e lá encontraram o corpo da mulher. Sandra Maria estava sem vida, em cima da cama, com marcas de agressão e sangue na região do nariz e da cabeça. Além disso, no corpo tinham duas perfurações que aparentavam ter sido feitas com uma faca.

O suspeito é o próprio companheiro de Sandra Maria

Como principal suspeito está “Davi Rodrigues”, de 30 anos, que tinha um relacionamento com a vítima há aproximadamente dois meses. No período de tempo em que estiveram juntos, Sandra Maria relatou agressões do namorado para a família e para uma amiga próxima.

A polícia afirmou que, na verdade, o nome do suspeito é Daniel Ospina Garcia, e ele utilizava um nome falso. A última vez em que foi visto foi na sexta-feira do dia 22, saindo do prédio da namorada, com algumas sacolas nas mãos.

Suspeito de assassinar namorada ao lado da filha de 8 meses (Foto: Reprodução/TV Globo)
Suspeito de assassinar namorada ao lado da filha de 8 meses (Foto: Reprodução/TV Globo)

O suspeito não é brasileiro, e a polícia afirma que essa questão pode dificultar a busca e a identificação dele. O homem segue desaparecido até o momento.

Segundo informações liberadas pela Polícia Civil, Daniel Ospina Garcia, ou “Davi Rodrigues”, já foi preso quatro vezes devido aos crimes de furto e tráfico de drogas. Apesar de seguir em liberdade, o homem está sendo intimado, pela Justiça Federal, a sair do Brasil. A Polícia Civil e Federal estão trabalhando juntas para descobrir se o suspeito já deixou o país.

Como está a bebê?

A filha da vítima foi encontrada com sinais de desidratação e desnutrição, pois passou dois dias sozinha ao lado do corpo da mãe. Com apenas oito meses, ela tinha marcas de hematomas, que a polícia acredita que podem ter sido tentativas de sair do berço, devido à fome, sede ou outras necessidades fisiológicas.

Ela foi levada para a Santa Casa de Misericórdia, na região Central de São Paulo, e já teve alta.

O pai do bebê, ex-companheiro de Sandra Maria, manifestou interesse em ter a guarda da filha, porém outros familiares da vítima também alegaram que podem cumprir esse papel. A decisão será tomada pelo Conselho Tutelar.

 

Assista agora o POD&tudo com Marcos Piangers e Ana Cardoso! Em um bate papo muito divertido, eles falam da estreia do filme “O Papai é Pop”, inspirado no best-seller de Piangers, interpretado por Lázaro Ramos e Paolla Oliveira, que estreia no próximo dia 11 de agosto.