“Salvou 6 vidas com apenas 7 anos”, diz avó de menino que doou órgãos em Santa Catarina

Matheus Rodrigo de Oliveira tinha o sonho de ser bombeiro quando crescer e de certa forma conseguiu salvar muitas vidas

Resumo da Notícia

  • Matheus Rodrigo de Oliveira sofreu uma morte cerebral
  • O menino de 7 anos engoliu um apito em Santa Catarina
  • A família autorizou a doação de órgãos e assim salvou diversas vidas

Matheus Rodrigo de Oliveira,  7,  engoliu um apito e sofreu uma morte cerebral na cidade de Navegantes, em Santa Catarina. O menino tinha o sonho de se tornar bombeiro quando crescer e de certa forma conseguiu salvar muitas vidas, graças a doação de órgãos autorizada pela família.

-Publicidade-

Pelo menos 6 famílias foram beneficiadas com a doação, a decisão foi tomada em memória de um tio da criança. Há onze anos, o homem, diagnosticado com leucemia, faleceu aguardando na fila de espera por um transplante de medula óssea.

Matheus engoliu um apito e sofreu uma morte cerebral
Matheus engoliu um apito e sofreu uma morte cerebral (Foto: Reprodução/Istoé)

“Hoje temos duas estrelinhas no céu, mas com a certeza que tem mais seis Matheus aqui na terra. Tem uma criança olhando o mundo pela primeira vez com os olhos dele. O coração dele está batendo no peito de uma criança. Uma criança está falando pela primeira vez com a voz dele. Têm crianças que receberam seus rins e fígado. Temos certeza que o Matheus continua vivo, pois ele não fez apenas seis crianças felizes, mas seus pais também. O Matheus devolveu a paz e a esperança às seis famílias”, disse Anderson Santos, um dos tios do menino, em uma publicação nas redes sociais.

Segundo a avó de Matheus, Dona Loreni, órgãos como coração, olhos, fígado e rim foram doados para outras pessoas. Por isso, ela disse que seu neto é um herói. “Foram seis vidas que nosso herói salvou com apenas sete anos. Era justamente o sonho dele: ser bombeiro para salvar vidas”, completou.