Sangue na urina: o que pode ser, causas e como identificar o problema

Apesar de nem sempre ser grave, é preciso ficar de olho quando existe a presença de sangue na urina. O quanto antes a situação for analisada e tratada, as chances de sequelas, complicações e agravamentos do quadro são menores

Resumo da Notícia

  • A presença de sangue na urina nem sempre é grave, mas precisa ser investigada
  • Em alguns casos, o sangue pode ser confundido por causa de alimentos ou corantes
  • O quanto antes o problema for identificado, menores são as chances de sequelas, complicações e agravamentos do quadro

A partir da quantidade de hemácias e homoglobina encontradas, o sangue na urina também pode ter o nome de hematúria ou hemoglobinúria. Para qualquer pai ou mãe, encontrar o problema no xixi do filho pode causar desespero. Mas, calma! Nem sempre é grave. Para investigar as possíveis causas, o especialista procurado deve ser o urologista ou nefrologista.

-Publicidade-

Apesar de nem toda causa ser grave, é preciso investigar, pois o sangue na urina também pode estar relacionado a problemas nos rins ou no trato urinário. Para o urologista Dr. Flávio Iizuka, pesquisador pela Universidade de São Paulo, a condição merece um cuidado especial. “Ela alerta para várias situações onde o paciente possa estar tendo uma doença potencialmente grave, na qual coloca em risco não só os rins, como também a vida dele”, explica.

Apesar de nem sempre o sangue na urina ter uma causa grave, é preciso procurar um médico especialista para iniciar o tratamento adequado(Foto: iStock)

Para visualizar o problema, é superimportante que o paciente identifique se o que está na urina é, ou não, sangue. “Nem sempre isso é muito óbvio. Em situações onde não existem coágulos ou o sangramento é mais discreto, a cor da urina é de chá matte e depois fica mais para o vermelho. Quando existe um sangue muito mais intenso, há a formação de coágulos”, comenta o médico. Mas, ainda há situações em que o sangue pode ser confundido por alimentos ou corantes: “Uma situação muito comumente confundida com sangue na urina é quando você come muita beterraba, fazendo com que a urina mude de cor. Existem certos corantes e alimentos que fazem a pessoa acreditar existir sangue na urina sem ter. Isso pode ser confirmado com um exame simples, chamado Urina tipo 1”. Para te ajudar a identificar possíveis causas, listamos as principais:

Pedra nos rins

Pode acontecer em qualquer idade, mas, geralmente, ocorre nos mais jovens. Nem sempre a condição é acompanhada de dor, pois, segundo o médico, a pedra quando está alojada nos rins não causa desconforto. “A dor ocorre quando ela sai do rim e vai para a bexiga. Nesse processo de migração, acaba causando algum grau de obstrução dos ureteres, tubos que conectam o rim à bexiga”. Se o cálculo está no rim, é possível perceber o problema apenas em um exame de urina, que irá demonstrar a presença de hemácias.

Nefrite (inflamação no rim)

A doença faz com que o rim comece a perder glóbulos vermelhos por causa de uma inflamação. “Esse sangue sai pela urina”, reforça o urologista. Vale lembrar ainda que, geralmente, esse condição pode vir acompanhado da elevação da pressão e alterações. O especialista que pode orientar melhor o paciente sobre o problema é o nefrologista.

Síndrome de quebra-nozes

Neste caso, o sangue na urina é identificado sempre após a realização de atividades físicas. O problema acontece por causa do esforço é mais comum em atletas, onde é notado o escurecimento do xixi. O problema não é grave e necessita apenas de acompanhamento médico. “Não há necessidade de tratamento ou intervenção cirúrgica. Quando tratado de uma forma precoce, permite a cura do problema”.

Câncer ou tumor de bexiga

A ocorrência de um câncer ou tumor na bexiga tem como sintoma a presença de sangue na urina, que pode vir acompanhado de coágulos, sendo visível a olho nu. Geralmente, ocorre em pacientes de meia idade ou idosos e a causa mais frequente é devido ao tabagismo. O tratamento consiste na realização de exames e, em seguida, requer a raspagem, retirada parcial ou total da bexiga.

Quando o tratamento para sangue na urina é realizado precocemente, menores são as chances de sequelas, complicações e agravamentos do quadro (Foto: Shutterstock)

Menstruação

Durante o período menstrual, é comum a presença de sangue na urina, que não indica nenhum problema de saúde. Conforme os dias do ciclo forem passando, o xixi volta a coloração normal. Vale lembrar ainda que realizar exames de urina enquanto estiver menstruada não é recomendado, pois pode identificar a presença de hemácias e/ou hemoglobina, afetando no resultado final do teste. Saiba como a menstruação pode ajudar nas chances de engravidar.

Infecção de urina

A infecção de urina, além da presença de sangue, pode vir acompanhada de sintomas como dor ao urinar, sensação de peso no fundo da bexiga e uma maior vontade de ir ao banheiro. Geralmente, é possível notar a presença do sangue quando o caso da infecção já está mais avançado, por isso, se tiver qualquer uma das queixas, um médico deve ser procurado para investigar o problema o quanto antes.

Urina com sangue na gravidez

Na gravidez, a presença se sangue na urina pode indicar infecção urinária, mas é preciso ficar de olho em outros problemas mais graves como, o descolamento prematuro de placenta, que aconte no final da gravidez. Além disso, caso você note a situação, consulte o seu médico obstetra, que irá realizar exames e iniciar o tratamento mais adequado para a causa. Veja mais sobre sangramentos durante a gravidez.

Quando devo procurar um médico?

Quando é percebido a presença de sangue na urina, o Dr. Flávio Iizuka recomenda que um médico seja procurado o quanto antes para o tratamento adequado. “Um alerta é que quando existe sangue na urina, o paciente deve buscar imediatamente o especialista para a investigação. O quanto antes for acompanhado, diminui o risco de sequelas, complicações e agravamento do quadro”, conclui.