São Paulo vai adiantar 5 feriados na cidade como tentativa de conter casos de Covid-19

A nova medida anunciada nesta quinta-feira, 18 de março, por Bruno Covas entra em vigor no dia 26 de março em busca de diminuir a circulação de pessoas na capital

Resumo da Notícia

  • A Prefeitura de São Paulo vai adiantar 5 feriados a partir da próxima segunda-feira, 22 de março
  • A ideia é diminuir a circulação de pessoas na cidade e por consequência frear a escalada da Covid-19 na capital
  • A nova medida tem em vista evitar o colapso dos sistemas de saúde em São Paulo, já que a cidade atingiu taxa de ocupação de 88% dos leitos de UTI para o novo coronavírus

A Prefeitura de São Paulo vai adiantar 5 feriados e a medida entra em vigor a partir do dia 26 de março, como tentativa de diminuir a circulação de pessoas na cidade e por consequência frear a escalada (alta de casos) da Covid-19 na capital. A medida que vai ser anunciada por Bruno Covas nesta quinta-feira, 18 de março, é vista como única possibilidade para tentar evitar o colapso do sistema de saúde nas próximas semanas.

-Publicidade-

Os feriados municipais serão antecipados para os dias 26 (sexta-feira), 29 (segunda-feira), 30 (terça-feira) e 31 de março (quarta-feira), além do dia 1° de abril (quinta-feira). E vão ser 2 de 2021 e 3 de 2022. Não só, mas o horário do rodízio também vai mudar para de 22h às 5h..

A estratégia busca atingir indústrias e algumas empresas que ainda seguem em funcionamento durante a fase emergencial do Plano São Paulo. Ainda está para ser definido se a medida vai ter adesão de bancos e outros serviços.

-Publicidade-
A Prefeitura de São Paulo vai anunciar o adiantamento de 5 feriados nesta quinta-feira, 18 de março (Foto: Getty Images)

Vale ressaltar que nesta quinta-feira, 18 de março, Covas contou em entrevista à Globo News que a cidade de São Paulo atingiu taxa de ocupação de 88% dos leitos de UTI para o atendimento de pacientes com coronavírus. “A gente vê colapsando todo o sistema de saúde”, disse ele.

Em 2020, a prefeitura já havia antecipado recessos para tentar frear a alta de casos na cidade. Foram antecipados os feriados de Corpus Christi, que é em junho, para 20 de março, e do Dia da Consciência Negra, celebrado em novembro, para 21 de março . No dia 22 do mesmo mês, sexta-feira, foi decretado ponto facultativo.

No primeiro dia do feriado prolongado de 2020, o isolamento social na capital chegou a 51%, ante 49% registrado no dia útil anterior. Já no último dia, quando a antecipação do recesso vigorava para todo o estado, esse índice chegou a 53% na cidade e 51% no estado.