São Paulo volta para a fase vermelha: veja como irão funcionar os próximos dias

Como medida de prevenção, todo o estado ficará na fase vermelha nos dias 1, 2 e 3. Saiba como o processo passa a valer a partir da próxima segunda-feira, 4 de janeiro

Resumo da Notícia

  • Todo o estado de São Paulo está em fase vermelha
  • Apenas os serviços essenciais podem funcionar
  • Saiba como fica a partir de segunda-feira, 4 de janeiro

Desde a última sexta-feira, 1 de janeiro, o estado de São Paulo voltou para a fase vermelha e terá restrições. Nos dias 1, 2 e 3 de janeiro, irão funcionar apenas os serviços essenciais como, farmácias, mercados, padarias, postos de combustíveis, lavanderias e serviços de hotelaria.

-Publicidade-
Relembre as fases do Plano São Paulo (Foto: Facebook / Governo de São Paulo)

De acordo com o Plano São Paulo, esta é a fase mais rígida das outras cinco, estabelecidas pela gestão do governador João Dória. A mesma medida foi implementada entre os dias 25 e 27 de dezembro de 2020, com o intuito de combater a propagação do novo coronavírus no fim de ano.

Até o próximo domingo, 3 de janeiro, será proibido o funcionamento de shoppings, lojas, concessionárias, escritórios, restaurantes, bares, academias, salões de beleza e estabelecimentos de eventos culturais, alpem de todos os parques do estado.

-Publicidade-
Todas as medidas de prevenção devem continuar sendo seguidas (Foto: Unsplash)

A partir de segunda-feira, 4 de de janeiro, o estado pode retornar a fase amarela, com exceção de Presidente Prudente, que continuará na fase vermelha até a próxima reclassificação. Em dezembro, o número de casos teve um aumento de 68%, além de 57% em relação ao número de mortes em novembro, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde.

Até o momento, São Paulo é a quinta maior região do mundo com mais casos da doença, de acordo com a Universidade Johns Hopkings. Já são 1.462.297 casos registrados e 46.717 mortes pela Covid-19.

-Publicidade-