Secretária de saúde de Brasília investiga casos de varíola do macaco e hepatite aguda no estado

Ainda os casos de varíola do macaco e hepatite misteriosa não foram confirmados no estado, porém, já foi notificada a suspeita para o Ministério da Saúde

Resumo da Notícia

  • A Secretaria da Saúde do Distrito Federal investiga casos de varíola do macaco e de hepatite misteriosa
  • Ainda não foi confirmado nenhum dos dois casos das doenças no estado
  • Ambos os casos já foram notificado para o Ministério da Saúde

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal está investigando os primeiros casos de varíola do macaco e de hepatite misteriosa em Brasília, segundo o jornal da região. Conforme os dados divulgados, há um caso de hepatite desconhecida em uma criança com idade entre 5 e 9 anos e que está em um bom estado de saúde, com acompanhamento médico.

-Publicidade-

E em relação a varíola dos macacos, o caso é investigado em um homem, entre 20 e 29 anos. As informações não deixaram claro que se ele fez uma viagem para fora do país ou se ele de fato, pegou em território nacional.

Segundo a secretaria, os casos já foram notificados para o Ministério da Saúde. “O DF já está preparado para lidar com a situação. Assim que os primeiros casos foram registrados no Brasil, o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs) do DF emitiu um alerta epidemiológico às unidades da atenção primária e hospitalares das redes pública e privada”, segundo o Jornal de Brasília.

Varíola dos macacos: cientistas debatem sobre transmissão aérea do vírus
Os casos estão sendo investigados (Foto: Getty Images)

Até o momento, são oito casos confirmados de varíola do macaco pelo país, sendo quatro em São Paulo, dois no Rio Grande do Sul e dois no Rio de Janeiro. Além dos confirmados, outros sete estão sendo investigados.