Sem disfarce! Apple testa nova forma de desbloquear celular sem remover a máscara

Remover a máscara em público para desbloquear o celular? Não mais! Alguns usuários do celular da Apple poderão em breve conseguir desbloquear o dispositivo sem ter que tirar a máscara

Resumo da Notícia

  • Alguns usuários do celular da Apple poderão em breve conseguir desbloquear o dispositivo sem ter que tirar a máscara
  • No entanto, tal função requer um dispositivo adicional da marca
  • A empresa está testando um novo software iOS que permitirá que as pessoas desbloqueiem a ferramenta de segurança de reconhecimento de rosto do iPhone

Remover a máscara em público para desbloquear o celular? Não mais! Alguns usuários do celular da Apple poderão em breve conseguir desbloquear o dispositivo sem ter que tirar a máscara, no entanto, tal função requer um dispositivo adicional da marca.

-Publicidade-

A empresa está testando um novo software iOS que permitirá que as pessoas desbloqueiem a ferramenta de segurança de reconhecimento de rosto do iPhone, o Face ID, caso também estejam usando um Apple Watch. Atualmente, o Face ID reconhece quando alguém está usando uma máscara e aciona a tela de entrada de senha — uma atualização que a Apple começou a testar em maio.

Mas a última atualização, que faz parte de um teste de um desenvolvedor que deverá ser lançado em breve, permitirá que um iPhone se comunique com um Apple Watch de forma sincronizada quando usar o Face ID.

Eles estão testando novas tecnologias (Foto: Getty Images)

Quando a autenticação for concluída, o iPhone será desbloqueado automaticamente e o Apple Watch vibrará. Lembrando que os dois dispositivos devem estar próximos para funcionar.

Por motivos de segurança, a atualização só funcionará para desbloquear o telefone. Os usuários ainda precisarão digitar a senha para fazer transações através do Apple Pay, App Store ou iTunes se estiverem usando uma máscara.

A atualização mais recente é mais um passo em apoio ao uso de máscara durante a pandemia e um incentivo para clientes da Apple comprarem o Apple Watch, ou pelo menos usarem aquele que tem com mais frequência.