Simone volta ao Brasil após dar à luz Zaya e comemora: “Coisa boa chegar na minha casa”

A cantora passou algumas semanas nos Estados Unidos, onde estava esperando o nascimento da filha, fruto do relacionamento com Kaká Diniz

Resumo da Notícia

  • Simone e a família estão de volta ao Brasil!
  • A cantora comemorou que está em casa após as últimas semanas nos Estados Unidos
  • Simone estava em Orlando na Flórida esperando o nascimento da filha, Zaya

Simone, da dupla com Simaria, usou o Instagram nesta terça-feira, 16 de março, para avisar os seguidores que está de volta ao Brasil! A cantora comemorou que está em casa após as últimas semanas nos Estados Unidos, onde estava esperando o nascimento da filha, Zaya.

-Publicidade-
Simone volta ao Brasil com a família (Foto: Reprodução/ Instagram / @simoneses)

Simone, o marido Kaká Diniz, e o filho mais velho, Henry, de 6 anos de idade, estavam em Orlando na Flórida, onde a caçula nasceu. A menina veio ao mundo no dia 22 de fevereiro. Após dias aguardando a liberação para voltar ao país, a sertaneja apareceu feliz da vida na mansão em São Paulo.

“Coisa boa é chegar na minha casa. Menina, nem lembrava como você era grande, mulher [se referindo à gigantesca porta da entrada da mansão]. Cheguei em casa, Brasil!”, brincou ela nos Stories do Instagram. Vale lembrar que a cantora também viajou para organizar a decoração da casa comprada em Orlando, que poderá ser alugada para brasileiros e por isso, decidiu dar à luz fora do país.

-Publicidade-

Simone explica mancha roxa no rosto de Zaya após primeiro ensaio fotográfico

Recentemente, Simone explicou nas redes sociais o que é a mancha roxa no rosto de Zaya. Após o primeiro ensaio fotográfico da menina, os internautas ficaram muito curiosos sobre o que era a marca e perguntaram para a mãe no Instagram. “É uma manchinha mongólica, e o charme da minha pequena”, disse a famosa nos stories.

Simone explicou o que é a mancha no rosto de Zaya (Foto: Reprodução / Instagram / @simoneses)

Manchas mongólicas são comuns em recém-nascidos e são benignas. Ela pode aparecer nos primeiros 27 dias do bebê e tendem a desaparecer ao longo dos anos, até a idade adulta, de acordo com Patrícia Filgueiras dos Reis, pediatra mãe de Isabela e Clarissa, que atende pelo Docway.

“Apesar da causa ainda ser desconhecida, parece ser decorrente de uma falha de migração dos melanócitos (células que produzem melanina, substância que pigmenta e protege dos raios solares) da crista neural à junção dermoepidérmica (que separa a derme da epiderme) durante o desenvolvimento do bebê, o que gera agregados de melanócitos na pele”, explica.

É mais comum que elas apareçam entre a região lombar e o começo do bumbum. Elas também podem aparecer em outras regiões chamadas, neste caso, de manchas mongólicas ectópicas.

Essas lesões não precisam nem de tratamento. “A importância do reconhecimento dessas lesões está na orientação adequada a ser feita aos pais das crianças, que muitas vezes ficam apreensivos por esperarem que seus filhos não apresentem nenhuma imperfeição ao nascimento”, alerta a pediatra.