Sobrevivente de queda de ônibus em MG fala detalhes do acidente que viveu com filho

O acidente, que aconteceu na sexta-feira, 4 de dezembro, deixou 18 mortos e 23 feridos. Alguns sobreviventes seguem internados em estado grave

Resumo da Notícia

  • Houveram 18 mortes com a queda do ônibus em Minas Gerais
  • Veja a história completa
  • Saiba o relato de uma sobrevivente

Jailma do Nascimento e o filho, de 11 anos, viajavam para visitar o irmão, em São Paulo. Eles foram uns dos sobreviventes do acidente que matou 18 pessoas e deixou outras 23 feridas na última sexta-feira, 4 de dezembro, com a queda de um ônibus em João Monlevade, em Minas Gerais.

-Publicidade-
18 pessoas não sobreviveram ao acidente (Foto: reprodução / vídeo / YouTube)

Durante o percurso, Jailma contou emocionada os detalhes do que viveu na pele em entrevista à Uol. “Eu estava sentada no meio do ônibus, na poltrona 21 e meu filho na poltrona 22. Eu ouvi um barulho muito forte, acho que ele bateu em alguma coisa e depois veio voltando de ré e aí o que eu lembro é que já estava no chão”.

O menino sofreu traumatismo craniano e está internado em estado grave no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. Quando soube o que aconteceu, Divanildo, irmão de Jailma, saiu de São Paulo para ver a irmã, que foi encaminhada para o Hospital Margarida.

-Publicidade-

“Vimos os vídeos que minha outra irmã mandou, o ônibus lá embaixo já e a movimentação do pessoal lá embaixo já procurando vítimas. O coração chega a acelerar porque não da pra acreditar que vai sobreviver alguém, a altura é muita”, contou emocionado ao site.

O ônibus, que saia de Alagoas para São Paulo, precisou interromper a rota quando o motorista perdeu os freios. Infelizmente, o veículo despencou de 35 metros de altura de um viaduto. Segundo informações da Uol, a Policia Civil informou que haviam dois motoristas no ônibus, mas um deles acabou não resistindo.

Entenda o caso

Um ônibus caiu de uma ponte, próximo à entrada de Dom Silvério, na BR-381, em João Monlevade, Minas Gerais. O acidente aconteceu na tarde desta sexta-feira, 4 de dezembro e o Corpo de Bombeiros já está no local para retirar as pessoas. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, ao menos 18 pessoas morreram e 23 ficaram feridas. A queda foi de aproximadamente 15 metros. Segundo os Bombeiros, três das vítimas morreram no Hospital Margarida, em João Monlevade, para onde os feridos foram encaminhados.

A queda aconteceu nesta tarde (Foto: reprodução redes sociais / Metrópoles)

Várias ambulâncias de resgate e particulares já resgataram as vítimas do local. Mas, como apontado pelos bombeiros ao jornal local Estado de Minas, a dificuldade está na rede médica regional (Monlevade e Nova Era) suportar a quantidade e gravidade das vítimas.

Segundo moradores que enviaram vídeos ao jornal Metrópoles, o ônibus voltou de ré na ponte antes de cair e quatro pessoas teriam pulado do ônibus antes da queda. A informação até o momento é de que o motorista teria fugido logo após a queda. O acidente ainda está sendo averiguado pelas autoridades locais.

De acordo com a PRF, trata-se de um ônibus de turismo com placa de Alagoas. Porém, as autoridades locais ainda não sabem o itinerário. O local fica a cerca de 117 km de Belo Horizonte. Com isso, está sendo articulada uma intervenção de transporte médico por helicóptero dos casos mais graves.

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, usou as redes sociais para se pronunciar sobre o caso. “Estarrecido. Toda a minha solidariedade aos familiares e amigos das vítimas do grave acidente que ocorreu nesta tarde, em João Monlevarde, região central”, escreveu ele no Twitter.

-Publicidade-