SOS Educação organiza evento para debater nova realidade de ensino com lives gratuitas

O projeto de Taís e Roberta vai conversar com pessoas que não desistiram diante dos penhascos que a pandemia impôs. Empresários, educadores, mães e pais que trazem propostas para envolver os alunos já tão cansados

Resumo da Notícia

  • Em 2020 todos os pais e alunos enfrentaram um desafio muito grande: as aulas online
  • Quem reinou foram as dúvidas e todas as certezas que antes existiam, (muitas) foram por água abaixo, já que os filhos passaram a exercer o papel de alunos dentro de casa
  • Por isso, ao longo da semana a Jornada da Educação vai conversar com pessoas que não desistiram diante dos penhascos que a pandemia impôs

Desde 2020 todos os pais e alunos enfrentam um desafio muito grande: as aulas online. Muito porque, até março do ano passado o assunto “educação”, era restrito às paredes da escola ou aos educadores. Mas agora, não teve mais jeito. O ensino virou um assunto de todos e para todos.

-Publicidade-

Quem reinou foram as dúvidas e todas as certezas que antes existiam, (muitas) foram por água abaixo, já que os filhos passaram a exercer o papel de alunos dentro de casa. Por isso mudar é necessário, e deixar os conceitos que uma vez tivemos de lado, aprendendo novas abordagens mais aplicadas para o momento de isolamento que estamos vivendo e todos os desafios a nossa frente.

No entanto, por onde começar? É muito assustador tentar se planejar durante a quarentena porque não dá para saber o que virá. Ainda mais difícil é admitir a falta de controle sobre algo que parecia já estar completamente planejado. Com o mundo mudando, e sem chance de voltar ao normal (pelo menos por enquanto), nenhuma das respostas que a sociedade antes tinha parece fazer sentido.

O que podemos aprender com a nova realidade de ensino (Foto: Getty Images)

Todas as questões sobre a escola, a família dos alunos, a valorização do professor, o formato das aulas, a necessidade da tecnologia, a falta de interesse dos alunos, que foram sendo empurradas com a barriga, não puderam mais esperar. E que melhor hora para resolvê-las do que na semana do Dia Mundial da Educação.

Agora a ideia que se tinha de que “inserir mais tecnologia na vida escolar do aluno seria a solução” afundou, assim como o pensamento de que a educação não necessita minimamente dela. Não só, os pais que se culpavam por não poderem acompanhar o estudo dos filhos pelo trabalho, hoje em dia vem que estar ao lado deles nos estudos não garante bom desempenho.

Jornada da Educação vai fazer semana de lives na semana do Dia Internacional da Educação para falar sobre a nova realidade dos ensinos (Foto: Reprodução/ Estadão)

E a valorização dos professores? Eles sem dúvida foram reconhecidos no momento pandêmico, mas ainda falta muito para que eles sejam honrados. Agora, não existe resposta única sobre como as frustrações e desafios do isolamento melhoraram a educação no país, mas as crianças também não tem botão de pausa, sendo assim não podemos paralisar frente a dificuldades.

Por isso, ao longo da semana a SOS Educação, projeto de Taís e Roberta, vai conversar com pessoas que não desistiram diante dos penhascos que a pandemia impôs. Empresários, educadores, mães e pais que trazem propostas para envolver os alunos já tão cansados. Projetos que vão inspirar Gestores Escolares a seguir a batalha de cada dia. Encontros para renovar a energia e manter nossa força para seguir buscando a tão sonhada educação que enxerga cada aluno como um ser único.

As lives irão acontecer de 26 a 30 de abril, às 11h e 16h, e podem ser acompanhadas pelo endereço: www.soseducacao.com.br/jornadadaeducacao ou também pelo Canal da SOS Educação no Youtube

Veja o calendário de lives completo do SOS Educação

  • 26/04 – Segunda-feira

11h – Como ensinar e aprender matemática com o apoio da tecnologia e da gamificação George Balbino – Mangahigh

16h – Família e Escola: como a boa relação pode melhorar a aprendizagem dos estudantes Isabela Munis – Escola Vereda

  • 27/04 – Terça-feira

11h – Aprendizagem Socioemocional para o equilíbrio mental de estudantes e educadores. Sim, é possível e urgente Celso Lopes de Souza – Programa Semente

16h – Como manter a afetividade e o engajamento no ensino Ruymara Almeida – Red Balloon

  • 28/04 – Quarta-feira

11h – Educação e tecnologia: perspectivas e aprendizados Fernando Shayer, CLOE

16h – Não dou: o desafio de motivar e engajar nossos filhos no ensino híbrido conta Letícia Lyle, Camino School

  • 29/04 – Quinta-feira

11h – Como ressignificar a Educação em tempos de pandemia Débora Garofalo, considerada uma entre as 10 melhores Professoras do mundo pelo Global Teacher Prize 2019, Nobel de Educação

16h – Educação no Terceiro Setor Fernanda Lancellotti, ONG LAR

  • 30/04 – Sexta-feira

11h – Coletivo Leitor: como estimular o hábito de leitura desde a infância Carolina Tresolavy – SOMOS Educação (Literatura)

16h – O futuro da Educação num mundo pós-pandemia Rafael Parente, BEĨ Educação