Sthefany Brito fala sobre dificuldades na amamentação: “Pensei várias vezes em desistir”

Atriz há três meses deu à luz Enrico, primeiro filho, fruto do relacionamento com o empresário Igor Raschkovsky

Resumo da Notícia

  • Sthefany Brito, que há três meses deu à luz Enrico, primeiro filho, fruto do relacionamento com o empresário Igor Raschkovsky
  • Em entrevista ela falou sobre a maternidade a carreira
  • Atriz abriu o coração e contou as dificuldades pós-parto

Sthefany Brito, deu à luz Enrico há três meses, primeiro filho, fruto do relacionamento com o empresário Igor Raschkovsky. A atriz falou em entrevista à coluna de Patrícia Kogut, do jornal O Globo, sobre a maternidade a carreira na televisão.

-Publicidade-
Sthefany Brito fala sobre os primeiros meses do filho (Foto: Reprodução / Instagram / @sthefanybrito)

Atriz contou não tem planos para voltar aos estúdios pois deseja aproveitar o tempo com o filho. “Ao mesmo tempo que estou com saudade de voltar a gravar, me dá um aperto no peito só de me imaginar saindo e ficando o dia inteiro longe do meu filho. É uma mistura de sentimentos. Confesso que o coração fica apertado. Mas vou voltar em algum momento e farei de tudo para que seja da melhor maneira para nós dois”, disse.

Ao falar sobre as dificuldades da maternidade, Sthefany disse a fase difícil foi o inicio da amamentação. “Olhando para trás, parece que se passaram três anos. É tudo muito intenso. Minha maior dificuldade sem sombra de dúvidas foi o começo da amamentação. Sentia muita dor. Foi bem sofrido. Pensei várias vezes em desistir. Hoje se tornou um momento especial para nós”, confessa.

Atriz ainda relembrou do pós-parto e que o apoio de diz que o apoio do marido foi muito importante. “O Enrico veio para fortalecer nossa união. Sempre fomos muito parceiros, amigos mesmo, e, com a chegada dele, isso só se solidificou. Temos um diálogo aberto, conversamos muito. Isso foi fundamental no início do pós-parto. A primeira semana não foi fácil para mim. Eu chorei todos os dias, e ele estava ali do meu lado sempre. Me ajudava a tomar banho, me lembrava dos remédios. Cuidou muito de mim. Me senti amparada. Não era como ter meu marido do meu lado, mas meu melhor amigo. Foi tão, tão importante. Sem dúvidas, estamos na melhor fase do nosso casamento, babando pelo nosso filho, amor das nossas vidas”, disse.

Sthefany conta que desde que começou a compartilhar a rotina materna, recebeu diversas comentários negativos, principalmente de outras mães. “Durante a gravidez isso já acontecia muito. O bebê nem tinha nascido e já me falavam que não poderia juntar bebê e cachorro. Me irritei muitas vezes. Hormônios à flor da pele, né? Mas no final das contas, mesmo eu respondendo ou não como ia ser a dinâmica em casa, seria eu lá. Então, parei um pouco de me preocupar com certas opiniões. A internet tem muitos juízes de plantão. Mães ‘perfeitas’ dizendo como outras devem educar seus próprios filhos. Complicado. Hoje só respondo se alguma me tira muito do sério, como falta de respeito. Fora isso, quem sabe o que é melhor para mim e para minha família sou eu”, conta.

Agora, ela publica menos mas admite que não liga mais para os comentários. “Resolvi postar menos por ele ser muito pequenininho mesmo, não por medo de críticas. Elas sempre vão existir, e isso faz parte da exposição. Mas recebo muito mais amor do que críticas ou coisas ruins na internet”, finalizou.

Reconhecimento do trabalho materno

Sthefany Brito sempre usa as redes sociais para compartilhar desabafos sobre a maternidade, rotina de cuidado com Enrico e conversa muito com as seguidoras que a acompanham no Instagram. Recentemente, a mãe de primeira viagem fez um desabafo nos stories.

Antes de começar, ela publicou um print de uma conversa com o irmão logo após mandar uma foto amamentando o filho. Na mensagem, Kayky Brito escreveu: “The, parabéns para a mulher que você se tornou e evolui com muita luz e benção a cada dia. Muito orgulho”.

Sthefany Brito desabafa sobre falta de reconhecimento do trabalho materno (Foto: reprodução / Instagram @sthefanybrito)

Depois de mostrar a conversa, Sthefany colocou o rosto para jogo e começou a gravar alguns vídeos falando sobre o assunto: “Eu postei esse print da conversa com a minha família e eu vim falar sobre isso. Eu tive uma conversa com o Igor um dia, tomando café da manhã, ele começou a me elogiar como mãe e eu fiquei super emocionada porque eu acho que muita gente tem o pensamento que a gente não faz mais do que a obrigação de cuidar do nosso próprio filho“, ela começou.

“O dia a dia é tão cansativo, é tão exaustivo… às vezes a gente entra num automático que quando a gente é elogiada, que foi o que aconteceu comigo essa semana, eu senti que eu tava sendo vista. É uma sensação de reconhecimento“. Para mostrar como aquilo era importante de ser feito, Sthefany usou um exemplo comparando a vida na maternidade com a vida profissional.

“Eu fiquei pensando… eu sou atriz. Quando eu sou chamada pra fazer uma novela ou um filme e eu vou e faço uma cena muito boa, o que acontece? Eu sou elogiada por isso. Mas por que, já que eu não estou fazendo mais do que a minha obrigação? Estou sendo paga para ir lá e fazer uma boa cena. Em outras situações, é a mesma coisa que acontece com o trabalho de uma mãe”, explicou. “Quem é mãe sabe qual é o trabalho que um recém-nascido dá, o trabalho que dá educar uma criança… é um carinho tão grande no coração da gente quando a gente é reconhecida pelo trabalho de ser mãe”, desabafou.

Ainda nos stories, ela mostrou um filtro do Instagram que está escrito: “Não fiz nada o dia inteiro (contém ironia)”, e depois continuou o desabafo, dando o story como exemplo: “Esse é o pensamento de muita gente! ‘Mas você está cansada por que, ficou em casa o dia inteiro!’. Elogiem as mães, façam elas se sentirem vistas e reconhecidas. Você pode pensar que isso é pouco, mas é muito para quem tá ali sendo engolida pelo cansaço do dia a dia”, finalizou.