Super doador: médico que está curado da covid-19 apresenta 40 vezes mais anticorpos do que outros infectados

O Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido, afirmou que Alessandro Giardini, de 46 anos, precisou ficar internado na UTI, após contrair o novo vírus. No entanto, o homem se recuperou e agora tem a oportunidade de ajudar pessoas na mesma situação!

Resumo da Notícia

  • Homem que foi infectado pela covid-19 desenvolve anticorpos capazes de combater a doença
  • Alessandro passou por momentos de tensão na UTI antes de conseguir se estabilizar
  • O Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido está trabalhando para encontrar mais doadores de plasma
;Alessando Giardini junto da sua família no Reino Unido (Foto: Reprodução/ NHS Blood and Transplant)

Alessandro Giardini de 46 anos, recebeu o reconhecimento de possível “super doador” de plasma, em função de combater o coronavírus, pelo Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido, após quase perder a vida para a doença. Ele que é médico cardiologista do hospital infantil, Great Ormond Street, em Londres, foi testado positivo para covid-19 e precisou passar mais de sete dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com auxílio de ventilação assistida, mas felizmente resistiu aos sintomas.

-Publicidade-

Após momentos de tensão, Alessandro e outras 400 pessoas, recuperadas da covid-19, passaram por uma analise de anticorpos no plasma, que o corpo desenvolve após combater o vírus, e foi comprovado que ele apresentava 40 vezes mais do que qualquer outra pessoa. De acordo com o site oficial do Serviço de Saúde britânico, agora homens com até 35 anos e que apresentem as mesmas características, vão ser avaliados para se tornarem doadores. A doação de plasma, tem o poder de salvar a vida de diversos outros infectados em estado de risco.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-
-Publicidade-