“Superlua rosa”: entenda o fenômeno que vai acontecer nesta noite

Na madrugada da segunda-feira, 26 de abril, para terça, 27, a Lua estará mais próxima da Terra, além de estar na fase cheia

Resumo da Notícia

  • Na noite desta segunda-feira, 26 de abril, para terça, 27, acontecerá a "Superlua Rosa"
  • O fenômeno é chamado de superloa pois será o momento em que a Lua estará em fase cheia e no ponto mais próximo da Terra
  • A cor trata-se de uma metáfora, usada pelos povos nativos norte-americanos

A noite desta segunda-feira, 26 de abril, estará especial! A Lua vai entrar na fase cheia na noite de segunda para terça e, além disso, estará no perigeu, ou seja, o momento em que ela está mais próxima da Terra. Esse fenômeno também é conhecido como ‘superlua‘ e, esse mês, ele tem uma denominação especial: é a ‘superlua rosa’.

-Publicidade-

Durante a noite, vai acontecer um alinhamento triplo:  de um lado da Terra, o Sol; do lado oposto, a Lua, mais próxima, como apontado pela UOL. Isso vai fazer com que a Lua apareça mais brilhante. O momento ápice desse fenômeno acontecerá às 00h33, da madrugada de segunda para terça.

“Superlua rosa”: entenda o fenômeno que vai acontecer nesta noite (Foto: Getty Images)

Mas não se anime muito! A alteração do tamanho da Lua não é visível para o olho humano. Sendo assim, você provavelmente verá uma Lua cheia como as outras. Além disso, apesar do nome, a Lua não mudará de cor durante a noite.

A Lua se encontra no seu perigeu (momento mais próximo da Terra) uma vez por mês, levando em consideração a órbita dos dois. Quando está no perigeu, ela nos parece até 15% maior e 30% mais brilhante. Isso acontece durante todas as fases da Lua. Quando esse evento acontece durante a fase cheia, no entanto, ele recebe o nome especial de ‘superlua’.

Mas, afinal, por que a denominação ‘superlua rosa’? A Lua cheia de abril é chamada de “rosa” por povos nativos norte-americanos, por simbolizar a chegada da primavera no hemisfério norte. A denominação, no entanto, trata-se apenas de uma metáfora usada por eles e não simboliza uma possível mudança nos tons e cores da Lua – ela continua do mesmo tom que sempre!