Surpresa! Cachorro invade casa e convence proprietários a adotá-lo

Vídeo publicado no TikTok mostra o momento exato em que o vira-lata escalou o portão e abriu a fechadura da casa

Resumo da Notícia

  • Cachorro invade casa e vira parte da família
  • Alex Galleg, agora dono do vira-lata, publicou no TikTok a adoção inusitada do pet
  • O vídeo mostra o momento exato em que o animal escalou o portão e arrombou a fechadura
 

Alex Galleg, que vive na Espanha, publicou um vídeo no perfil do TikTok, mostrando como foi a adoção inusitada do pet. O amor dessa vez não bateu na porta, ele arrombou o portão. Um vira-lata preto decidiu adotar a família sem pedir permissão, invadindo a casa e se instalando lá por conta própria.

-Publicidade-
Alex Galleg, agora dono do cachorro, documentou pelo TikTok o momento em que o animal invadiu a casa (Foto: Reprodução/ Instagram/ @alexgallegx)

O vídeo divulgado por Alex, que já possui mais de 500 mil curtidas, mostra o momento em que o animal subiu nas grades, forçou a fechadura e em instantes abriu o portão. O acontecimento ocorreu há dois anos e, desde então, o pequeno foi adotado pela família. Veja a publicação aqui!

A publicação conta com mais de duas milhões de visualizações de internautas que se apaixonaram pela figura. Um dos comentários diz: “Que linda história. Embora se deva admitir que é engraçado ver como ele entrou”, outro adiciona “Vocês não o adotaram, ele que adotou vocês!”

Ter um cachorro faz bem para seu filho

Os pets animam o ambiente, melhoram a saúde e desenvolvimento intelectual das crianças e, por isso, podem ajudar muito no desenvolvimento, independente da idade.

Em estudo da Universidade da Flórida, realizado com aproximadamente 100 famílias que têm cachorros, foram aplicados testes falados e de lógica nas crianças, que são conhecidos por aumentar os níveis de estresse e aumentar a quantidade de hormônio cortisol. As crianças foram aleatoriamente escolhidas para passar por esse estudo a companhia de seus pais, de seus cachorros ou sozinhos.

A pesquisa provou que as crianças que estavam junto aos seus cães reportaram sentimentos menos estressantes e que aquelas que tinham um grande engajamento com seus cachorros apresentaram níveis de cortisol menores em sua saliva. Veja a matéria completa aqui!