Suspeito de matar idosos em apartamento no Rio de Janeiro está internado em Hospital da Marinha

O homem era ex-commpanheiro de Felipe Coelho, filho dos idosos, e foi encontrado dentro da cama-baú do ex na hora do crime

Resumo da Notícia

  • O homem era ex-companheiro do filho dos idosos
  • Ele foi encontrado dentro de uma cama-baú na hora do crime
  • E segue internado no hospital em estado estável de saúde

O homem acusado de matar o casal de idosos a facadas na Zona Sul do Rio de Janeiro, Cristiano da Silva Lacerda, foi preso e transferido para o Hospital Naval Marcílio Dias, em Lins de Vasconcelos, segundo o jornal Extra.

-Publicidade-

O homem é oficial da marinha, mas foi encontrado no apartamento onde o casal de idosos estava morto. O crime aconteceu na madrugada de sábado, 25 de junho. Cristiano foi encontrado ferido dentro da cama-baú de Felipe Coelho, filho do casal.

O estado de Cristiano é estável, pois também estava ferido. O casal de idosos foi encontrado no sofá, com marcas de esfaqueamento. Já, Cristiano saiu do apartamento em cadeira de rodas.

Os idosos estavam no Rio de Janeiro para passear na casa do filho (Foto: Reprodução/ Instagram @felipecoelhomusic)

Depoimento do filho

O filho do casal de idosos que foram mortos a facadas no apartamento na Zona Sul do Rio de Janeiro, falou com o portal G1, e afirmou que a família está ‘dilacerada’ com a perda do Seu Geraldo Coelho, de 73 anos, e Dona Osélia Coelho, de 72.

“A nossa família inteira está dilacerada. Somos 3 filhos homens. Eles eram avós de 3 netinhos uma de 6, um de 11 e outra de 15” relatou Felipe Coelho.

Ele finalizou dizendo que todos da família estão na fase de luto e arrasados com a perda. “Ambos tinham uma família grande com muitos irmãos e irmãs. Tenho muitas tias e tios e estão TODOS sem chão. Minha mãe era a alegria de todo ambiente que ela estava, brincalhona alto astral sempre. Meu pai era a tranquilidade em si. Era um casal muito muito amado por todos”.