Taís Araújo conta que filha passou por situação na escola e recebeu ajuda do irmão

A atriz é mãe de Maria Antonia, de 6 anos, e de João Vicente, de 10, ambos frutos do casamento com o ator Lázaro Ramos

Resumo da Notícia

  • Taís Araújo participou do "Roda Viva", da TV Cultura, na noite desta segunda-feira, 8 de março
  • Lá, a atriz falou da experiência dos filhos com situações chatas na escola
  • Ela é mãe de Maria Antonia, de 6 anos, e de João Vicente, de 10, ambos frutos do casamento com o ator Lázaro Ramos

Taís Araújo participou do “Roda Viva”, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira, 8 de março. Lá, a atriz falou da experiência dos filhos com o racismo. Ela é mãe de Maria Antonia, de 6 anos, e de João Vicente, de 10, ambos frutos do casamento com o ator Lázaro Ramos.

-Publicidade-

Certa vez, Maria Antônia contou a Taís sobre um menino que riu do cabelo dela na escola. Quem ajudou Taís a falar sobre o assunto com a menina foi João Vicente. “Aliás, essa história é linda. Lá em casa tem muito livro infantil com temática negra. Meu filho passou, ouviu (a irmã contando que riram do cabelo dela) e me jogou um livro sobre cabelo. Enquanto ela tava contando. Ele me socorreu! Eu peguei o livro e achei uma coisa muito bonita deles dois, ele já entendendo isso”, disse a atriz.

Taís Araújo contou que a filha passou por situação na escola por causa do cabelo crespo (Foto: Reprodução/ Instagram @taisdeverdade)

A atriz contou que procura cercar os filhos com referências negras. “Hoje em dia a literatura negra é vasta, os desenhos, as séries. Então eles veem tudo isso. A música, minha filha é alucinada pela Iza!”, revelou.

-Publicidade-

Taís Araújo relembra infância na escola

Taís Araújo, de 42 anos de idade, participou de uma entrevista no Dia Internacional da Mulher, no programa Roda Viva, nesta segunda-feira, 8 de março. Durante o bate-papo a atriz falou sobre as referências e citou a representatividade negra na infância.

Taís Araújo disse que os negros eram em menor quantidade no início da carreira. “Minhas referências eram Zezé Motta, de 76 anos, e Ruth de Souza, mas eram de gerações diferentes, que podiam ser minhas mães, minhas avós”, explicou ela.

A atriz também relembrou a infância na Barra da Tijuca, quando estudou em uma escola de classe alta no Rio de Janeiro. “Eu podia contar nos dedos de uma mão os alunos negros da escola na Barra da Tijuca, com pessoas que tinham muito mais dinheiro do que meus pais”, disse Taís, que se orgulha da origem. “Posso frequentar qualquer lugar e saber de onde eu vim”, completou.