Tarantino conta que não dá um centavo para a mãe e explica motivo

O cineasta disse em entrevista para um podcast que ela o desencorajou de seguir o sonho de ser um grande diretor de cinema

Resumo da Notícia

  • Tarantino desabafou sobre a infância em um podcast
  • Ele relembrou a falta de apoio da mãe quando quis se tornar um cineasta
  • Disse ainda que ela não veria nenhum centavo do dinheiro dele

Quentin Tarantino desabafou sobre a infância em uma entrevista ao podcast The Moment. O diretor lembrou os primeiros passos na carreira de cineasta e disse que não recebeu o apoio da mãe quando começou a sonhar em se tornar um grande diretor de cinema.

-Publicidade-
Quentin Tarantino é conhecido por obras como “Kill Billl” e “Bastardos Inglórios”(Foto: Reprodução / Yahoo)

O americano contou que começou a escrever os primeiros rascunhos de roteiros quando ainda estava na escola, mas que os professores não aceitavam essa atitude: “Eles consideravam um ato desafiador de rebelião eu fazer isso ao invés do meu trabalho escolar”

Depois de descobrir o incidente, a mãe dele começou a bloquear o sonho do filho. “Ela disse, ‘e a propósito, esta pequena carreira de roteirista que você está tentando simplesmente acabou’, com aspas nos dedos e tudo mais”, contou.

Mesmo sendo desencorajado, Tarantino não desistiu da carreira e conseguiu se tornar um dos diretores com maior reconhecimento do mundo. “Quando ela me disse isso daquele jeito sarcástico, eu apenas pensei, ‘quando eu me tornar um roteirista de sucesso, você nunca verá um centavo do meu sucesso. Não haverá uma casa nova para você. Não há férias para você, nenhum Cadillac Elvis para a mamãe. Você não ganhar nada. Porque você disse isso”, finalizou.