Tata Estaniecki e Júlio Cocielo celebram aniversário de 2 anos da filha com festa surpreendente

No Instagram, a Tata Estaniecki compartilhou imagens da festa de aniversário da filha, a Beatriz. A criança é fruto de seu relacionamento com o Júlio Cocielo

Resumo da Notícia

  • Tata Estaniecki e Júlio Cocielo comemoram o aniversário de 2 anos da filha
  • A festa contou com uma decoração surpreendente
  • Os seguidores da mãe não dispensaram comentários positivos na publicação do Instagram

Em clima de festa, a Tata e o Júlio Cocielo celebraram hoje, 16 de abril, a festa de aniversário de 2 anos da filha, a Beatriz. Com uma decoração pra lá de surpreendente, a “Bibi”, como é apelidada carinhosamente pelos pais, se fantasiou da princesa Cinderela, personagem dos desenhos animados da Disney. Em um mundo de conto de fadas, a decoração foi repleta de elementos de tirar o fôlego. Como, por exemplo: Grandes imagens da donzelas dos filmes infantis.

-Publicidade-
O Cocielo e a Tata comemoraram o aniversário de 2 anos da filha (Foto: Reprodução/Instagram/@compose.co)

Na legenda da publicação, a Tata disse: “#Bibi2anos. Nem acredito que a Beatriz já está tão grande assim! Que decoração é essa? Estou chocada”. Nos comentário, uma seguidora falou: “Ai meu Deus, amo vocês [se referindo à família] Parabéns para essa princesa”.

Vida em família

A influenciadora Tata Estaniecki fez um desabafo no perfil do Instagram contando uma experiência recente que teve. Tatá é casada com Júlio Cocielo e juntos tiveram Beatriz, 1, ela contou que a filha havia feito coco e o pai ia trocá-la porém no restaurante só tinha trocador no banheiro feminino.

“Eu fiquei pensando se vocês já passaram por isso ou pararam pra pensar, gente é um absurdo ter trocador só no banheiro feminino. E assim, se o pai vai com a nenê sozinho ele tem que entrar no banheiro feminino. Eu queria dividir isso pois ninguém falou sobre isso antes.”, disse Tatá nos stories.

Internautas questionaram a influenciadora perguntando se ela gostaria que a filha entrasse no banheiro masculino, Tatá respondeu que seria mais eficaz se tivesse um banheiro ‘família’ pois seria específico para esse tipo de situação, onde entraria somente para trocar a criança. 

Tatá continuou desabafando nos stories dizendo que o ocorrido foi em um restaurante de rua, e não no shopping, e que ela acredita que deveria existir um fraldário unissex para trocar a criança: “Na minha opinião fica subentendido que só mulher troca fralda de nenê, e não é isso.”