Família

Tatá Werneck faz homenagem superespecial para mãe durante programa e não consegue conter as lagrimas

A humorista fez todo mundo se emocionar!

Izabel Gimenez

Izabel Gimenez ,filha de Laura e Décio

Tatá está na reta final da gravidez (Foto: reprodução / instagram)

Na segunda-feira, dia 22 de julho, Tatá Werneck publicou algumas cenas do próximo episódio que vai ao ar de Lady Night. A humorista, que voltou com tudo na quarta-temporada do talk show, entrevistou o cantor Lulu Santos e se emocionou no palco ao lado da mãe.

Lulu cantou um de seus maiores sucesso, “Como uma Onda”. A música representa muito para Tatá e sua mãe, já que acompanhou as duas durante toda a amamentação. A humorista não conseguiu se conter e se emocionou ao som, que é tão importante sem sua vida. Os seguidores ficaram encantados com a homenagem e encheram os três de elogios. “Que lindo! Sua filha vai ter uma mãe e uma avó maravilhosa”, disse uma delas.

Clique aqui para ver o vídeo completo  

Um detalhe que realmente chamou a atenção foi a semelhança entre as duas. Muitas seguidoras disseram que chegaram a se confundir e pensaram que a mãe da apresentadora, na verdade era Tatá estava com peruca. Dá para acreditar? “Sua mãe é você todinha! Pensei que era você fantasiada”, escreveu.

Tatá Werneck junto com a mãe e Lulu Santos (Foto: reprodução / instagram)

Não é a primeira vez que a gente se emociona com o Lady Night! No segundo episódio do programa, onde Tatá entrevistou Tais Araújo. Durante a gravação, as duas abriram o coração sobre medos da maternidade e deixaram a gente com o lencinho na mão. A atriz, que já é mãe, comentou sobre a dificuldade que precisou enfrentar quando não conseguiu amamentar a filha e o sentimento de culpa que sentia todos os dias.

Tatá aproveitou o momento e também e abriu seu coração. “Eu me sinto muito culpada também. A gente não sabe como agir, sempre vamos errar de alguma maneira. Eu, por exemplo, tô gravando passando mal e já saio daqui para fazer o ultrassom, com medo de ter exagerado no palco. Aí falam: ‘Porque você não abre mão de trabalhar?’. Eu não quero, mas ao mesmo tempo não quero perder nada da minha filha e morro de medo de que tipo de mãe eu vou ser. Se eu vou conseguir não gerar traumas na minha filha. Eu só quero facilitar“, completou.

Leia também: 

Taís Araújo abre o coração sobre culpa que sentiu por não poder amamentar a filha caçula

Amigos da escola não aparecem em aniversário e vizinhos dão festa para menino

Henrique Fogaça comemora aniversário da filha com foto e fala sobre a doença: “Juntos pela epilepsia”