Tatá Werneck relembra perda da avó em desabafo emocionante

A humorista contou que seu maior medo sempre foi ficar sem a companhia da avó

Resumo da Notícia

  • Tatá Werneck lamentou um mês da partida de sua avó nas redes sociais;
  • A apresentadora contou no dia 30 de dezembro sobre a morte da avó, Hermelinda Arguelhes;
  • A mãe de Clara Maria comentou que ainda tenta se comunicar com a avó, da maneira que estava acostumada.

Neste domingo, 30 de janeiro, Tatá Werneck usou as redes sociais para relembrar a morte da avó, Hermelinda Arguelhes, que faleceu em dezembro do ano passado. Em relato, a apresentadora contou que ainda tenta se comunicar com a avó, da maneira que costumava fazer.

-Publicidade-

Através do Instagram, a humorista compartilhou uma foto de Hermelinda, apelidada carinhosamente por ela de ‘Denguinho”.

Hermelinda em clique feito pela neta, Tatá Werneck
Hermelinda em clique feito pela neta, Tatá Werneck (Foto: Reprodução/Instagram @tatawerneck)

Na publicação, a humorista escreveu: “Hoje faz 30 dias que meu amor maior partiu. Hoje faz 30 dias que eu sinto vc perto todo dia, minha Rainha. Eu te mando msg como sempre fiz. Eu converso como sempre fiz. Eu te amo como sempre amei. É um amor que só se compara ao amor que sinto pela minha filha. Minha Rainha , minha Denguinho. Você me fez forte”.

A dor do luto

Tatá compartilhou uma homenagem que ganhou da avó no Domingão do Faustão em 2018, e em seguida fez um desabafo. “Esse sempre foi meu maior medo desde criança: perder minha vó Denguinho. Minha alma gêmea. Minha melhor amiga. Minha confidente. A mulher que me ensinou a ter fé. A mulher que me ensinou a ser forte. Achei que não fosse suportar. Cheguei a desmaiar” começou.

“Eu queria ter forças pra você ir embora segurando a minha mão. Mas sou medrosa. Achei que não fosse ter coragem. Mas você me esperou. Esperou que eu me fortalecesse. Ela me disse que só iria embora quando todo mundo tivesse feliz. Um dia antes do Ano Novo. Chance de recomeçar. Cantei. Fiz brincadeira. Chorei. Beijei muito. E orei com ela de mão apertada”, conta.

Para conferir a homenagem feita pela mãe de Clara Maria na íntegra, clique aqui!