Tenente Bahia abre o coração sobre a paternidade: “Felicidade é amar a família e os filhos”

Tenente Bahia é pai de Sophia e Henrique, e conversou exclusivamente com a Pais&Filhos sobre os sentimentos da paternidade

Resumo da Notícia

  • Tenente Bahia abriu o jogo sobre a paternidade
  • Em conversa exclusiva com a Pais&Filhos, o pai de Sophia e Henrique contou ainda as ambições para o futuro dele e da família
  • A conversa ficou demais, confira as respostas do Tenente Bahia!

Tenente Bahia é pai de Sophia e Henrique. Em conversa exclusiva com a Pais&Filhos, ele abriu o coração sobre a paternidade e ainda falou quais são suas ambições para o futuro dele e de toda a família. Nós amamos!

-Publicidade-
Tenente Bahia é pai de Sophia e Henrique
Tenente Bahia é pai de Sophia e Henrique (Foto: Reprodução/ Instagram)

1. O melhor de ser pai é… Chegar em casa e ser motivo de orgulho, nossos filhos têm a gente como super-herói.

2. O pior de ser pai é… Querer fazer mais, porém nossa rotina de trabalho nos frustra.

3. É melhor ser pai ou ser filho? O melhor é ser pai, sem sombra de dúvidas.

4. Sua culpa como pai é… Tentar fazer tudo e não conseguir concluir algumas tarefas, como por exemplo ler um livro, ver um filme.

5. Você não tem culpa quando… Esqueço de trocar a fralda e a Sophia acorda de xixi (rs).

6. Qual sua definição de felicidade? A consequência do amor. Amar nossa família, amar nossos filhos, amar sobretudo a nossa vida.

7. O papel da pai é… Ser o protagonista na criação dos seus filhos.

8. Você sente que está arrasando quando… Chego do trabalho e mesmo com a culpa de não poder ter ficado o dia todo em casa sou recebido com um “papai”.

9. Qual seu estado de espírito agora? Futuro pai de dois, realizado e grato pela oportunidade de ter uma família.

10. Pai também é gente quando… Leva a filha no estádio de futebol.

11. Você tem um herói da vida real? Deus é o meu herói. Gostaria que fosse meu pai, tive um pai muito ausente, mas o amo mesmo assim.

12. Se você não fosse você, quem gostaria de ser? Jason Statham (rs).

13. Qual foi o livro que marcou sua vida? Sophia & Eu: A dor não pode ser maior que o amor.

14. O paraíso é… Poder tomar um café da manhã em família num hotel maravilhoso.

15. O inferno é… Não diria inferno, mas o motivo de muita tristeza é ver muitas crianças doentes sem conseguir a cura.

16. Minha família é… Absolutamente tudo para mim.

17. Me sinto um super-pai quando… Olho para Sophia hoje e vejo que vencemos a prematuridade.

18. O que eu mais aprendi com meus pais… Lutar pelos meus objetivos e pela minha família assim como minha mãe lutou por nós.

19. O que quero deixar para meus filhos… A certeza que a vida tem suas belezas, mas também existem frustrações e isso faz parte da maturidade.

20. Onde quero estar daqui a 10 anos… Refletindo sobre a minha vida de pai, orgulhoso e feliz por tudo que fiz pela Sophia, pelo Henrique e, por que não, mais dois filhos.