Tiago Leifert faz desabafo após desentendimento com Ícaro Silva e fala sobre família e religião

Na última semana, o apresentador teve um desentendimento com o ator Ícaro Silva nas redes sociais

Resumo da Notícia

  • Tiago Leifert usou as redes sociais para desabafar após se desentender com Ícaro Silva
  • O apresentador falou sobre assuntos pessoais como família e religião
  • Pai de Tiago exaltou o filho após o ocorrido

Nesta última segunda-feira, 27 de dezembro, Tiago Leifert usou as redes sociais para desabafar sobre o desentendimento com o ator Ícaro Silva, após discussão. O apresentador falou da família, assuntos pessoais e religião. Assista ao vídeo aqui. 

-Publicidade-

“Oi, acho que vocês já devem estar de saco cheio do assunto, talvez não queiram assistir esse vídeo, tudo bem, não tem problema. Eu demorei mesmo para vir aqui, acho que perdi o timing do assunto”, começou.

“Mas é que esses últimos dias foram importantes para esfriar a temperatura e para eu me acalmar também porque eu achei que eu tinha escrito algo super óbvio, uma constatação simples até de como as coisas funcionam, mas o que eu disse foi jogado para um lugar que não é meu, catapultado para lugares que eu desconheço e não foi o que eu falei. E vocês que me seguem sabem que não foi o que eu falei, mandaram mensagem”, continuou.

Tiago Leifert desabafa nas redes sociais após desentendimento com Ícaro Silva
Tiago Leifert desabafa nas redes sociais após desentendimento com Ícaro Silva (Foto: Reprodução / Instagram / @tiagoleifert)

“Eu fui atacado por causa da minha religião, fui atacado por causa da minha família e eu não fiz isso em nenhum momento. Eu não ataquei a família de ninguém, eu não ataquei a índole de ninguém, eu não ataquei a trajetória de ninguém, não fiz isso em nenhum momento, minha postagem está lá, é só… E por último nesse delírio que aconteceu nos últimos dias, no último parágrafo de uma carta escrita para mim, tripudiam, ironizam um problema pelo qual estou passando que nem eu estava preparado para falar”, disse.

“E aquilo me tirou de um jeito que eu pensei que não fosse possível depois de tantos anos trabalhando na mídia. Eu achei que não iam conseguir, mas realmente eu parei de enxergar tudo e eu fiquei muito transtornado com aquela última parte, então eu vou ignorar por agora”, afirmou.

“Se você se feriu com o que eu falei, eu lamento para caramba porque não foi a minha intenção. Mas esse não é um pedido de desculpas, tá? Eu só lamento mesmo, fico triste. Quando eu disse e estava bem claro… Vamos voltar ao cerne da questão… ‘Provavelmente ajudamos a pagar o seu salário’, eu errei. Não é provavelmente, nós ajudamos a pagar o seu salário, o seu, o do Boninho, o meu, o do Luciano Huck, o do Mion, o de todo mundo ali. Assim como o trabalho de todo mundo da Globo, atores, atrizes, técnica, maquiagem, camareiros, figurino, comercial, jurídico ajudava a pagar o meu salário, porque eu saí”, ressaltou.

Gilberto Liefert, pai de Tiago Lefeirt, fez um comentário exaltando o filho após a polêmica com Ícaro Silva. Ele, que foi diretor da área comercial da Globo, aproveitou uma publicação do apresentador agradecendo pela homenagem que recebeu no The Voice Brasil, para enviar uma mensagem.

Gilberto Leifert rebateu indiretas de que teria ajudado Tiago Leifert dentro da Globo
Gilberto Leifert rebateu indiretas de que teria ajudado Tiago Leifert dentro da Globo (Foto: reprodução/Instagram/@tiagoleifert @gilbertoleifert)

“Tiago: Você talvez não goste de ver seu pai tratando deste tema em público. Mas estava na hora. Tenho setenta anos e cresci vendo a nação brasileira conviver com impunidade; negar o mérito das pessoas, suspeitar da honestidade e da integridade de quem alcança sucesso. O esporte preferido dos brasileiros não é o futebol. É o falar mal dos outros. Por isso, foi tocante e merecida a linda homenagem que lhe foi prestada ontem pela Globo e por seus colegas do The Voice Brasil”, começou.

Ele continuou dizendo que os dois, embora colegas, nunca trabalharam na mesma área e fez questão de ressaltar: “Meus ex-colegas, que foram seus chefes, reconheceram desde logo seu talento, seu preparo e dedicação. Na estrutura da Globo em que trabalhei por longos trinta anos os diretores sempre tiveram autonomia para contratar e demitir… na própria área. Aliás, jamais me meti nos assuntos que diziam respeito ao seu trabalho. Essa era a nossa regra do jogo (minha e sua) e meus pares a presumiam”, leia a matéria completa aqui.