Titi Müller abre o jogo sobre ausência do ex marido na criação do filho: “Não deveria ser assim”

No Instagram pessoal, a apresentadora desabafou sobre o combinado que fez com o ex marido para que levassem o filho à consulta médica juntos, porém não pôde contar com o apoio do pai da criança

Resumo da Notícia

  • Titi Muller e o ex marido, Tomás Bertoni, se separaram em agosto de 2021
  • Durante o casamento eles tiveram um filho, Benjamin
  • A apresentadora afirma que se sente exausta, devido à ausência de Tomás Bertoni na criação do filho

A apresentadora Titi Müller se casou com Tomás Bertoni em setembro de 2019, e optou por encerrar a relação em agosto de 2021. Durante o relacionamento, eles tiveram Benjamin, que recentemente completou 2 anos. Na semana do dia 4 de julho, Titi Müller destacou no perfil pessoal que o filho estava gripado, e por isso decidiu priorizar a saúde e bem estar dela e da criança.

-Publicidade-
Titi Müller desabafa sobre relação com ex marido e ausência dele na criação do filho em comum
Titi Müller desabafa sobre relação com ex marido e ausência dele na criação do filho em comum (Foto: Reprodução/Instagram/titimuller_)

Tomás Bertoni é músico e faz parte do grupo Scalene, e realizou show aberto ao público no final de semana. Entretanto, ele e Titi Müller tinham combinado de levar, juntos, o filho a uma consulta médica. No dia 5 de julho, ela utilizou os stories pessoais para desabafar sobre a situação: “Eu falei que eu ia com o pai da criança em um consulta arrastado. Vou sozinha. Então eu preciso correr para pegar meu filho”.

Ela ainda destacou que a ausência de Tomás Bertoni foi devido a uma alegação de sintomas de doença: “Uma vez por semana a pessoa aparece com sintomas de Covid, e não quer pegar o filho, porque pode ser Covid”. Segundo Titi Müller, ela se ofereceu para entregar um teste rápido ao ex marido, porém ele recusou.

No mesmo dia, mais tarde, Titi Müller comentou sobre a repercussão que os stories anteriores geraram: “Se vocês tivessem noção do quanto eu falo pouco. Acho que só quem tem noção mesmo são as minhas advogadas criminalistas e a advogada que fez o nosso termo de divórcio. Eu realmente falo muito pouco”.

Ela finalizou afirmando: “O tempo resolve. Quando esses pais se derem conta de que eles estão perdendo os momentos mais preciosos da vida do filho, e que esse vínculo nunca mais volta: aí talvez resolva. Ou talvez cause algum impacto na cabeça dessas criaturas”.