Tratamento do coronavírus? China libera injeção com bílis de urso para acabar com pandemia

O país asiático já usava esse medicamento no combate a outras doenças e agora está testando a eficácia contra o Covid-19. Vale ressaltar que a Organização Mundial da Saúde afirma que não há, oficialmente, uma cura para o vírus

Resumo da Notícia

  • A China liberou o uso de uma injeção que vai bílis de urso para tratar o coronavírus em pacientes graves
  • De acordo com a Organização Mundial da Saúde, ainda não há uma cura para a doença
  • O melhor caminho agora é a prevenção: isolamento social e higienização das mãos
A Organização Mundial da Saúde diz que ainda não há um tratamento garantido que cura o coronavírus (Foto: Getty Images)

A China liberou recentemente o uso de Tan Re Qing para tratar os pacientes gravemente infectados pelo coronavírus no país. O material consiste em uma injeção que vai bílis de urso e a decisão do governo veio pouco depois do mesmo banir o comércio e consumo de animais selvagens.

-Publicidade-

Ele é um dos itens da lista divulgada pela Comissão Nacional de Saúde da China. A bílis do urso já vem sendo utilizada para fins medicinais no país, por conter o ácido ursodesoxicólico (ou ursodiol) que colabora na dissolução de cálculos biliares e tem resultados positivos contra doenças hepáticas.

Embora o país asiático tenha adotado essa medida, vale ressaltar que a Organização Mundial da Saúde (OMS) ainda afirma que não existe cura ou tratamento oficialmente eficaz no combate à pandemia, embora alguns medicamentos possam ser utilizados para aliviar os sintomas.

-Publicidade-

Portanto, a organização reforça a importância da prevenção como a forma mais eficiente nesse momento, seguindo, principalmente, o isolamento social e a higienização correta das mãos.

O fato é que ainda não se sabe o real efeito do medicamento nos pacientes contaminados. No Brasil, estão sendo realizados vários estudos com diferentes medicamentos para encontrar uma forma de conter o coronavírus, mas ainda não há nada confirmado. Nesse momento, o melhor a fazer é seguir as recomendações de prevenção e aguardar uma confirmação.

 

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-