Família

Tubarão grávida é resgatada por nadador e caso emociona na internet

Ben ouviu um barulho enquanto praticava paddle

Cinthia Jardim

Cinthia Jardim ,filha de Luzinete e Marco

Piscina de Oak Park, em Cronulla (Foto: reprodução / Daily Mail)

Um nadador, que estava em uma piscina rochosa de Oak Park, em Sidney, resgatou uma tubarão fêmea grávida, encalhada nas pedras do local, na última segunda-feira, 16 de setembro. Ben Denning estava praticando uma sessão de paddle, ouviu um barulho vindo de trás das rochas e foi até lá para checar, de acordo com o veículo The Daily Telegraph.

A tubarão fêmea foi resgatada e devolvia ao mar aberto (Foto: reprodução / Instagram)

O homem estava com um amigo e pediu para que ele o ajudasse a tirar o animal. Em entrevista, contou ao site que nunca havia lidado com uma situação assim, mas descreve como uma experiência “muito emocionante”. O nadador relatou que os banhistas que estavam na praia também ficaram com os olhos marejados ao ver o resgate, pois “a tubarão fêmea estava grávida e muito assustada”. Ben foi comparado ao caso de resgate de Melissa Hatheir, ocorrido em 2017, e recebeu o título de “domador de tubarões”. Para assistir ao vídeo, clique aqui! 

Tubarão de Port Jackson

Melissa Shark vivenciou um caso parecido em 2017 (Foto: reprodução / Instagram)

Um caso parecido aconteceu no mesmo local, Cronulla, em 2017. Melissa Hatheier, uma corretora de imóveis, tornou-se conhecida por ajudar um tubarão a sair da piscina de Oak Park e voltar ao mar aberto. A mulher disse que tinha o costume de surfar na região, mas naquele dia recebeu uma ligação da mãe e de alguns amigos sobre o ocorrido: “Minha mãe nada lá todas as manhãs com os amigos e eles me ligaram dizendo que havia um tubarão, então eu corri para lá. Ele estava muito angustiado e esbarrando nas coisas, então eu apenas o segui e mergulhei por cima dele para tentar pegá-lo”, descreveu Melissa em entrevista ao ABC.

O tubarão de Port Jackson é um animal que possui barbatanas dorsais com espinhos, uma cabeça grande e marcas em um tom castanho escuro espalhadas no corpo cinza. Ele pode crescer até 1,65 metros e é considerado inofensivo: “Era como pegar uma criança pequena no colo”, contou Hatheier.

Questionada se sentiu medo no momento do resgate, ela explicou:”Não estava realmente assustada, mas não teria feito isso com um tubarão branco. Surfando ao longo dos anos, você os vê o tempo todo. Eles provavelmente estão embaixo de você o tempo todo.” Depois de uma publicação feita pelo Facebook, Melissa ficou conhecida como a “domadora de tubarões”.

Fique por dentro do conteúdo do YouTube da Pais&Filhos:

Leia mais:

Pai salva filho de tubarão durante furacão Dorian e relato impressiona

Drone filma tubarão perto de crianças na praia e pai consegue salvar vida dos filhos

Menino de oito anos luta com leão após ser atacado e sobrevive