Tudo dominado! Golfinhos são vistos nadando em Veneza durante pandemia

Os mamíferos foram vistos nadando próximos à Praça de São Marcos, um dos pontos mais visitados de Veneza, o que é considerando incomum devido a circulação de barcos no local

Resumo da Notícia

  • Sem turistas por conta do isolamento social, a cidade de Veneza recebeu uma visita para lá de especial: Golfinhos!
  • Os mamíferos pareceram pelo litoral da cidade, que são famosos canais da cidade italiana
  • A visita é considerada incomum devido a quantidade de barcos que navegam pelo local

Sem turistas por conta do isolamento social, a cidade de Veneza recebeu uma visita para lá de especial: Golfinhos! Os animais apareceram pelo litoral da cidade, que são famosos canais da cidade italiana, coisa inesperada devido a quantidade de barcos que navegam pelo local.

-Publicidade-
Sem turistas por conta da pandemia, golfinhos são flagrados nadando em Veneza (Foto: Reprodução / CNN)

Segundo à  CNN, pelo menos dois golfinhos foram flagrados passeando na cidade, que já esta na segunda semana de lockdown. Nas imagens é possível ver os mamíferos nadando próximos à Praça de São Marcos, um dos pontos mais visitados de Veneza.

Membros da guarda costeira e barcos da polícia foram deslocados para procurar os animais, para mantê-los em segurança, já que pelos limites geográficos, o canal é utilizado apenas para circulação de barcos. O que impede até mergulho de turistas.

Golfinhos são flagrados nadando no Grande Canal de Veneza (Foto: Reprodução / CNN)

Devido a pandemia da covid-19, a redução de números de turistas e a diminuição da circulação de barcos é um motivo que pode ter levado os golfinhos a explorarem o local. Além disso, até coloração da água passou de um azul escuro para um tom mais claro.

Cidade dos macacos: veja o que aconteceu após animais tomarem conta de região na quarentena

Lembra daquele caso lá em 2019 quando diversos macacos dominaram a cidade de Lopburi, na Tailândia? Durante a quarentena, sem humanos por perto, os animais ficaram sem bananas e precisaram dar um jeito de se alimentarem: com junk food, ou seja, comida não saudável. Com toda energia, eles começaram a se reproduzir, resultando em um baby boom!

Sem ter o que comer, os animais estão se alimentando de comida humana (Foto: reprodução / vídeo BBC)

Anteriormente considerados umas das “atrações turísticas” do local, os macacos deixaram muitos moradores com medo, que até preferiram ficar isolados em casa! Além disso, diversos tipos de gangues rivais chegam a brigar entre sí. Estamos impressionados!

O resultado da quarentena para os animais foi de um baby boom! (Foto: reprodução / vídeo BBC)

Um dos templos da cidade abriga mais de seis mil macacos-caranguejeiros. “A saúde deles fica prejudicada quando eles comem comida humana. Quanto mais eles comem, mais energia eles têm. Eles não sabem o que fazer com essa energia extra, então eles começam a se reproduzir”, explicou um morador local à BBC.

O “QG” dos animais se tornou um cinema abandonado da cidade, onde eles vivem, brigam, e até mesmo fazem “funerais” para outros animais. “Quando um deles morre, os outros carregam o corpo e o colocam nesse espaço”. Como forma de manter o controle de natalidade, 500 macacos já foram castrados para que um novo baby boom não aconteça.