Tudo no lugar: como adequar a rotina de trabalho com os filhos em casa?

Depois da declaração de pandemia do coronavírus, várias escolas fecharam e trabalhos decretaram home office. Saiba a melhor forma de organizar a agenda para cumprir todos os compromissos

Resumo da Notícia

  • Com a declaração de pandemia, muitas aulas foram suspensas e alguns escritórios liberaram o home office
  • Descubra como organizar essa nova rotina com trabalho e filhos em casa
  • É fundamental envolver a criança no processo de forma lúdica
Organização é fundamental para funcionar (Foto: Getty Images)

Com 200 casos confirmados de coronavírus no Brasil, muitas informações têm sido veiculadas, entre elas, o cancelamento das aulas nas escolas. Sem elas, as crianças precisam ficar em casa para evitar a transmissão e disseminação da doença. Mas como tornar isso viável considerando que os pais estão trabalhando? Muitas empresas encontraram a solução: home office. Dividir o seu tempo entre as atividades profissionais e os filhos não é uma tarefa simples, mas é possível. 

-Publicidade-

Roberta e Taís Bento (mãe e filha), embaixadoras da Pais&Filhos, e fundadoras do site SOS Educação, explicam que a nova dinâmica irá, sim, afetar a rotina de pais e filhos, mas dá para conciliar durante esse período mais crítico. Quem tem a possibilidade de trabalhar de casa, deve aproveitar a chance. Embora possa parecer uma tarefa de adulto, é fundamental envolver as crianças

“Convoque seu filho para ser parte desta missão muito importante da qual fomos convocados a participar. Explique o momento como sendo um game vivido na realidade. Temos que acabar com o inimigo Covid-19. Ele adora falta de higiene e contato físico entre as pessoas. E para nos mantermos fortes para o combate, temos que ajudar no andamento das atividades da casa, comendo na hora certa, tendo paciência e criatividade para inventar brincadeiras e fazendo a rotina diária de leitura, desenho e estudos”, explicam. 

-Publicidade-
Converse de maneira clara e direta com seu filho (Foto: Getty Images)

Assim, vocês vão montar juntos um quadro com a rotina de atividades de cada um, deixando claro que precisa que ele coopere para que tudo funcione. Por fim, recomendam dizer: “Posso contar com você, soldado?”. Usar uma linguagem familiar para as crianças e até convidativa aumenta a chance de engajamento. Dessa forma, você consegue focar no trabalho enquanto o seu filho faz uma tarefa independente. 

 

Cada um com a sua tarefa

“Se houver um cômodo que possa se tornar o escritório da casa, ainda que provisoriamente, é ideal que na hora de focar no trabalho, o pai e a mãe estejam nele, ainda que de portas abertas em momentos que não estejam falando ao telefone ou fazendo vídeo conferência”, complementam. Isso facilita para que as crianças entendam que não é hora de brincar e você não está “livre”.

Para garantir que seu filho fique entretido, pode sugerir leitura, desenho, pintura. Também é uma oportunidade para explorar a criatividade, com materiais recicláveis por exemplo e até pedir ajuda e compartilhar responsabilidades domésticas, como colocar a mesa, dobrar a roupa retirada do varal e fazer o lanche da tarde. Acima de tudo, é preciso ter em mente que não vai ser um dia normal de trabalho. 

Caso tenha um escritório, é interessante trabalhar de lá (Foto: reprodução)

“O importante é dar o melhor de si, dedicar realmente sua energia para que o trabalho seja entregue, terminado, mas sem cobrança do impossível. Não tem porque se cobrar para que a produtividade seja a mesma. Só precisamos aceitar que desta vez está acima de qualquer ser humano sozinho dar as respostas ou consertar um problema para o qual não existe ferramenta inventada ainda!”, finalizam. 

 

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-