Universitária cria máscara com detalhe diferente para que pessoas com deficiência auditiva possam ler os lábios

Asheley Lawrence pesquisa educação para pessoas com com esse tipo de dificuldade e percebeu a necessidade de produtos inclusivos, a mãe a ajudou a transformar a ideia em realidade

Resumo da Notícia

  • Universitária cria máscara própria para pessoas com deficiências auditivas
  • A máscara possui uma parte transparente, permitindo a leitura labial
  • Ashley Lawrence pesquisa educação para pessoas com deficiências auditivas
  • A mãe da garota a auxiliou em todo o processo
Máscara para auxiliar pessoas com deficiência auditiva (Foto: reprodução / print do vídeo da CBS)

Ao redor do mundo, diversas pessoas estão fazendo o que podem para contribuir na luta contra o novo coronavírus. Pensando naqueles que não conseguem ouvir, uma universitária nos Estados Unidos projetou uma máscara que ajuda na comunicação de pessoas surdas ou com problemas auditivos.

-Publicidade-

Com a ajuda da mãe, Asheley Lawrence costurou um modelo de máscara com uma transparência no centro, possibilitando que está utilizando o modelo possa ter os lábios lidos pelo leitor. O protótipo foi feito com lençóis antigos, tecido plástico e elásticos.

“Minha mãe gosta muito de costurar (…). Então eu cheguei para ela um dia e disse: ‘E se fizéssemos uma máscara?'”, disse Ashley a rede de TV norte-americana CBS.

-Publicidade-

Segundo a garota, “Pessoas que são profundamente surdas e que usam ASL (Linguagem Americana de Sinais) como seu principal meio de comunicação. A ASL é muito focada em expressões faciais, e isso é parte da gramática”, lembrou. “Então, mesmo se você não está conversando fisicamente, usando apenas a ASL, então você precisa desse tipo de acesso”.

A universitária estuda na Eastern Kentucky University e pesquisa educação para pessoas com deficiências auditivas. Ainda ao canal norte-americano CBS, ela contou que a iniciativa faz parte de uma paixão pessoal. Em menos de dois dias fabricando suas máscaras, ela recebeu encomendas de seis estados. “Senti que era muito importante. Mesmo em um momento como o atual, as pessoas precisam ter essa comunicação”, finalizou.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-