Usain Bolt admite que ouro nas Olimpíadas não foi difícil como cuidar de 3 bebês

O corredor olímpico jamaicano mandou a real sobre a paternidade em entrevista para o portal britânico Mirror

Resumo da Notícia

  • Usain Bolt mandou a real sobre a vida de pai
  • O homem mais rápido da história admitiu que ganhar o ouro olímpico não é tão difícil quanto cuidar de três bebês
  • Usain é pai de Thunder, Saint e Olympia

Usain Bolt é o homem mais rápido da história e fez sucesso nas olímpiadas que participou – não só pela quantidade de medalhas e vitórias acumuladas, mas também pelo carisma que conquistou público ao redor do mundo. Em entrevista ao portal britânico Mirror, porém, o corredor e medalhista olímpico admitiu que nenhuma dessas conquistas foi tão difícil quanto a tarefa de cuidar de três bebês.

-Publicidade-
Usain Bolt quebrou recorde de velocidade em olimpíadas passadas (Foto: Reprodução/ Mirror)

“Quando as três crianças começam a chorar ao mesmo tempo, a casa parece um verdadeiro pandemônio!”, brincou. Usain é casado com Kasi Bennet, e eles são pais de Olympia e dos gêmeos Thunder e Saint. Com todos os filhos com menos de 2 anos, o pai ainda fala da verdadeira maratona que vive dentro de casa.

“Todo mundo sempre diz que o momento que você tem o seu primeiro filho, a sua vida muda para sempre. E muda mesmo. E é algo que eu aprecio e amo demais”. Sobre a inclinação das crianças para o esporte, Usain ainda comenta que não vê a hora de conhecer os gostos das crianças, conforme elas forem crescendo e se descobrindo.

“Estou muito animado para ver como elas vão crescer, se eles vão gostar de atletismo, de outro esporte ou até mesmo de esporte nenhum!”, brincou. “Todos os dias descobrimos algo novo. Me faz sorrir, e me faz feliz”, disse. A gravidez de gêmeos foi mantida em segredo depois do alvoroço para a chegada da primeira filha do casal, Olympia. Para Bolt, a preservação da esposa dos dez milhões de seguidores do Instagram foi essencial para a saúde da família.

Usain é pai de Olympia, Thunder e Saint (Foto: Reprodução/ Mirror)

“Foi mais fácil para Kasi, para que ela pudesse descansar e não precisasse fazer muito esforço”, falou. “As pessoas ficam querendo conversar com ela e vir aqui em casa. Nas redes sociais, todos ficavam comentando tudo o que ela publicava. Achamos melhor manter tudo em segredo dessa vez”, contou, enfim.