Vacina contra Alzheimer começa a ser testada em humanos: entenda

O primeiro paciente já recebeu o imunizante na Finlândia

Resumo da Notícia

  • Vacina contra Alzheimer começa a ser testada em humanos: entenda
  • O primeiro paciente já recebeu o imunizante na Finlândia
  • A vacina chamada ALZ-1010 será utilizada primeiramente nos voluntários com a doença em estágio inicial

Novidade na área da saúde! A biofarmacêutica sueca Alzinova começou esta semana os primeiros testes clínicos com uma vacina contra o Alzheimer. A primeira pessoa a receber o imunizante foi um paciente que mora na Finlândia. A vacina chamada ALZ-1010 será utilizada primeiramente nos voluntários com a doença em estágio inicial.

-Publicidade-

“Estamos ansiosos para continuar o desenvolvimento deste potencial tratamento revolucionário para a doença com o objetivo de longo prazo de tratar e prevenir o início e a progressão desta doença devastadora”, disse a CEO da Alzinova, Kristina Torfgard em comunicado à imprensa.

Vacina contra Alzheimer começa a ser testada em humanos: entenda
Vacina contra Alzheimer começa a ser testada em humanos: entenda (Foto: Getty Images)

Depois de ouvir tanto sobre os testes de vacina durante a pandemia de covid-19, você já deve saber em linhas bem gerais como o processo funciona. Nessa fase, os cientistas vão analisar a segurança da vacina, usada para combater diretamente as cadeias de proteínas acumuladas no cérebro e que provocam o Alzheimer.

O estudo clínico de Fase 1b busca entender e analisar a a resposta imunológica à vacina após doses múltiplas, bem como uma série de biomarcadores associados à doença de Alzheimer. Neste primeiro momento, 26 pacientes participarão da pesquisa. Todos eles vão receber 4 doses da vacina, ou do placebo.

O ensaio clínico está sendo realizado na Finlândia pelo parceiro de Alzinova, Clinical Research Services Turku (CRST). A análise dos biomarcadores será feita por meio de uma colaboração de pesquisa com o Sahlgrenska University Hospital, em Gotemburgo, na Suécia. A previsão é de que os principais resultados saiam no segundo semestre de 2023.