Família

Vacina da gripe: Ministério da Saúde divulga início da campanha após surto de H1N1

115 casos e 31 mortes já foram confirmados no Amazonas

Emily Santos

Emily Santos ,filha de Maria Teresa e Francisco

Anunciada a data de início da campanha de vacinação contra gripe 2019 (Foto: Getty Images)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou na última semana as vacinas antigripais aprovadas para a campanha de 2019. A lista, revisada anualmente, contém as injeções cujas fórmulas foram atualizadas para se adequar às mutações do vírus influenza e outros subtipos que podem aparecer no país.

As vacinas aprovadas são:

– Fluarix Tetra, da GlaxoSmithKline Brasil Ltda

– Influvac, da Abbott Laboratórios do Brasil Ltda

– Influvac Tetra, da Abbott Laboratórios do Brasil Ltda

– Vacina Influenza trivalente (fragmentada e inativada), do Instituto Butantan

– Vacina Influenza Trivalente (subunitária, inativada), do Medstar Importação e Exportação Eireli

– Vaxigrip – Sanofi-Aventis Farmacêutica Ltda

Uma novidade no tipo ofertado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é que a vacina trivalente já distribuída vai proteger também contra os vírus vírus H1N1, o H3N2 e o influenza do tipo B Victoria.

Na rede particular de saúde, o tipo tetravalente da vacina vai proteger também contra o tipo B Yamagata.

Campanha de vacinação 2019

A campanha de vacinação deste ano começa a partir de 10 de abril e vai até 31 de maio. No Amazonas, 115 casos e 31 mortes por H1N1 foram confirmados nos primeiros meses do ano, o que fez a campanha ser adiantada no estado.

A primeira fase da campanha, até 22 de abril, vai ser focada em crianças, gestantes e puérperas. A lisa completa de prioridade é:

–  Gestantes e puérperas

–  Crianças de 6 meses a 5 anos de idade

– Maiores de 60 ano

Professores da rede pública e privada

– Profissionais da saúde

– Pessoas privadas de liberdade

– Pessoas de qualquer idade com doenças crônicas (diabetes, doenças cardíacas e respiratórias, distúrbios que comprometem a imunidade, como o câncer, e outras)

– População indígena

– Trabalhadores do sistema prisional

A partir desta data, o público alvo em geral poderá se vacinar.

Leia também:

Entenda porque a vacina é a maior arma contra a gripe

Vacina contra gripe H1N1 não é o veneno que estão dizendo

OMS divulga como as novas vacinas contra gripe devem ser feitas