Vacina de Oxford contra Covid-19 induz “forte resposta imune” em idosos, diz estudo

O medicamento, elaborado em parceria com a farmacêutica AstraZeneca, está na fase 2 de testes e teve a novidade publicada na revista científica “The Lancet” nesta quinta-feira

Resumo da Notícia

  • Estudos da vacinaproduzida pela Universidade de Oxford mostraram que o imunizante é seguro e induziu resposta imune em idosos
  • O medicamento, elaborado em parceria com a farmacêutica AstraZeneca, está na fase 2 de testes
  • A novidade foi publicada na revista científica “The Lancet” nesta quinta-feira, 19 de novembro

Boas notícias! Resultados dos estudos envolvendo a vacina contra o coronavírus produzida pela Universidade de Oxford mostraram que o imunizante é seguro e induziu “uma forte resposta imune” em idosos. O medicamento, elaborado em parceria com a farmacêutica AstraZeneca, está na fase 2 de testes e teve a novidade publicada na revista científica “The Lancet” nesta quinta-feira, 19 de novembro.

-Publicidade-
Os estudos foram publicados esta quinta-feira (Foto: Unsplash)

A vacina de Oxford já chegou na última fase de testes no Brasil e está em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Segundo um dos autores do estudo, Maheshi Ramasamy, os resultados foram encorajadores. “As respostas robustas de anticorpos e células T vistas em pessoas mais velhas em nosso estudo são encorajadoras. Esperamos que isso signifique que nossa vacina ajudará a proteger algumas das pessoas mais vulneráveis da sociedade, mas mais pesquisas serão necessárias antes que possamos ter certeza”, disse o especialista.

Esquenta Black Friday

A Black Friday da Amazon está chegando! Para conferir os produtos que já estão com descontos incríveis em todas as categorias do site, clique AQUI! Você ainda pode ter frete grátis e promoções exclusivas ao se tornar um membro Prime! A assinatura é de apenas R$ 9,90 por mês e também garante entrega mais rápida, acesso a filmes, séries e desenhos animados. Inscreva-se e ganhe 30 dias grátis CLICANDO AQUI.

-Publicidade-
A vacina induziu resposta imune (Foto: Unsplash)

Destaques do estudo

A vacina foi testada em 240 voluntários com mais de 70 anos para a avaliação. Essa fase dos estudos é necessária para verificar a segurança e a capacidade de imunização do medicamento.

De acordo com UOL, os principais destaques do estudo foram:

– O estudo de fase 2 foi feito no Reino Unido e envolveu 560 adultos saudáveis – 160 com idades entre 18 e 55 anos, 160 com idades entre 56 e 69 anos e 240 com 70 anos ou mais.

– Resultados mostram que a vacina é mais bem tolerada em pessoas mais velhas em comparação com adultos mais jovens.

– A vacina produz uma resposta imune semelhante em idosos e adultos jovens.

– As reações adversas foram leves. As mais comuns foram: dor no local da injeção, fadiga, dor de cabeça, febre e dor muscular.

– Os efeitos adversos foram menos comuns em idosos do que em adultos mais jovens.

Seminário Internacional Pais&Filhos

O 10º Seminário Internacional Pais&Filhos – Quem Ama Cria está chegando! Ele vai acontecer no dia 1 de dezembro, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar do sorteio e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!

-Publicidade-