Vem bebê aí! A cantora Joss Stone anuncia gestação do segundo filho

Por meio de um vídeo no Instagram, a cantora anunciou que está grávida de seu segundo filho. A Joss Stone já sofreu um aborto espontâneo em meados de outubro de 2021

Resumo da Notícia

  • A cantora Joss Stone anunciou que está grávida
  • Ela está esperando o segundo filho
  • A Joss Stone já sofreu um aborto espontâneo

Com a frase: “Tenho algumas novidades para compartilhar!”, a cantora Joss Stone iniciou a legenda de uma publicação no Instagram, a qual utilizou para anunciar que está grávida do segundo filho. O vídeo, que foi publicado ontem, 11 de abril, gerou grande comoção nas redes socias. Visto que, no relato da cantora, ela conta que sofreu abordo espontâneo em outubro do ano passado.

-Publicidade-
A Joss Stone está grávida do segundo filho (Foto: Reprodução/Instagram/@jossstone)

Aborto espontâneo 

De acordo com o March of Dimes, uma organização sem fins lucrativos que visa melhorar a saúde de mães e bebês nos Estados Unidos, 10 a 15 por cento das gestações terminam em um aborto espontâneo. As mulheres que passam por essa experiência trágica muitas vezes se culpam por não terem conseguido manter a gestação. Mas verdade é que a maioria dos abortos espontâneos prematuros é causado por anormalidades genéticas que estão muito além do controle da mãe.

“Quando os cromossomos do óvulo e os do espermatozoide se fundem para formar um embrião, eles geralmente se emparelham corretamente”, diz Henry Lerner, M.D., um obstetra do Hospital Newton-Wellesley em Newton, Massachusetts, EUA. “Mas às vezes eles ficam embaralhados. Se eles forem pareados incorretamente, o embrião para de se desenvolver”. Isso não significa que haja algo errado com a mãe ou o pai, a gravidez simplesmente termina porque não é viável.

Você pode fazer algumas coisas para evitar o aborto espontâneo (Foto: Reprodução/Shutterstock)

Na maioria dos casos, não há nada que você possa fazer para causar um aborto espontâneo e nada que você possa fazer para evitá-lo, diz Siobhan Dolan, MD, consultora médica do March of Dimes e médica assistente da Divisão de Genética Reprodutiva da Montefiore Medical Center, University Hospital for Einstein, na cidade de Nova York. “É uma condição muito desafiadora. Adoraríamos ter um tratamento que possamos oferecer, mas existem pouquíssimas intervenções eficazes”, apontou.

Dito isso, um estilo de vida saudável antes e durante a gravidez pode ajudar, diz Erika Nichelson, uma obstetra certificada no Family Childbirth and Children’s Center no Mercy Medical Center em Baltimore, EUA. Aqui estão algumas recomendações para evitar o aborto espontâneo durante a gravidez. Leia a matéria completa aqui.