Vem bebê aí? Fábio Porchat fala sobre planejamento para a chegada do primeiro filho

Fábio Porchat, comediante e apresentador de um programa repercutido no canal GNT, contou que em 2023 pretender dar início ao sonho entre ele e a esposa: ter o primeiro filho

Resumo da Notícia

  • O Fábio Porchat contou que em 2023 pretende iniciar um sonho junto da esposa: ter o primeiro filho
  • O comediante contou que também fica "apavorado" com essa ideia
  • Ele é casado com a Nataly Mega

O sócio fundador do “Porta dos Fundos” e atual apresentador do programa “Que História É Essa, Porchat?”  repercutido no canal GNT, Fábio Porchat – contou em entrevista concedida ao jornal O Globo, sobre os planos futuros em relação à espera do primeiro filho. O comediante disse que para o ano que vem, 2023, ele e a esposa, a Nataly Mega – pretendem dar início ao tão sonhado plano de gerar em bebê.

-Publicidade-

“Para mim, até filho é projeto. Ter um filho no ano que vem vai ser um sonho porque já vai ser fora deste pesadelo que a gente está vivendo. Mas, ao mesmo tempo, também estou apavorado. Uma coisa que me deixa muito feliz é que ele vai ser filho do Olaf (personagem da Disney dublado por ele). O meu sobrinho já fica pedindo para eu falar as frases e dá risadas. O meu filho vai poder tirar uma onda no colégio falando que é filho do Olaf”, disse.

Relatos de infância

Fábio Porchat falou sobre curiosidades da vida pessoal no stories do Instagram em 30 de março de 2021. Nas imagens, o humorista disse que quando criança tinha pouca audição nos dois ouvidos e teve que fazer uma cirurgia para ouvir melhor.

Ele ainda comentou que a descoberta da condição veio devido ao comportamento em casa. “Eu já operei. Mas, quando era pequenininho era surdinho. Tinha quarenta por cento de audição em um ouvido e vinte no outro, só. Minha mãe descobriu isso porque eu via TV muito perto e muito alto, e sempre falava: ‘Que?’, ‘que?’”, disse Porchat.

E continuou: “Ela pensou que eu não estava ouvindo direito. Eu operei, fiquei com dreno na orelha, e não podia nem ir na piscina“.  Fábio Porchat aproveitou e disse outra curiosidade. “Eu não mergulho de cabeça na piscina porque entra água no meu ouvido. Eu odeio quando entra água no ouvido, tenho esse trauminha. Sempre que mergulho, saio balançando a cabeça muito rápido”.

Além disso, Porchat contou que além da operação dos ouvidos, precisou retirar a adenoide, que são duas pequenas glândulas semelhantes às amígdalas, aos 3 anos de idade. “Você tem a sua? Parabéns, eu não”, brincou o ator na rede social.

Por fim, o humorista disse que a mãe escolheu o nome dele de Pedro, mas o pai acabou escolhendo Fábio. “Minha mãe queria que eu chamasse Pedro, combinou com o pai, ele foi registrar no cartório e ele se chama Fábio e me registrou como Fábio. Os tempos mudaram, né? Ainda bem”. disse.