Família

Vem fazer parte: aplicativo ajuda no desenvolvimento da fala e leitura de crianças com Síndrome de Down

A arrecadação de ofertas para o projeto dar certo irão até dia 1˚de maio

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

Você já ouviu sobre o Movimento Down? Quem toca o projeto é Patrícia Almeida que tem uma filha com a Síndrome. A brasileira mora na Suíça e representa a causa na Organização das Nações Unidas (ONU), o que quer dizer que ela é consultora internacional para várias ações que envolvem o mundo SD. Imagina a responsabilidade!

Movimento Down é um site informativo sobre o assunto, para famílias que passam por essa estrada e para inserir novas pessoas no assunto, mesmo que não tenham familiares com a síndrome. Além de cuidar deste site, Patrícia criou uma ferramenta para a ajudar a desenvolver a fala de crianças com SD: o Canta e Lê.

O aplicativo terá vídeos com músicas mais lentas e com legendas que ajudam as crianças a falar e ler. Nossa embaixadora e colunista Ana Castelo Branco, mãe de Helena e de Mateus, que tem Síndrome de Down, disse que nunca viu nada parecido. “Vejo a eficácia dessa ideia com meu filho. Canto as músicas mais lentamente para o Mateus acompanhar e tenho visto os resultados”. Entenda o projeto:


Veja um exemplo com a música “Pirulito que bate bate”:

Como você pôde ver “Canta e Lê” ainda não está pronto. A ideia é desenvolver além dos vídeos, um material didático e um aplicativo com canções infantis populares em um ritmo mais lento. Todo os produtos estarão disponíveis gratuitamente.
Como falamos, o Canta e Lê nasceu em par